» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Sexta, 23 de fevereiro de 2018, 14h34

Chineses discutem instalação de montadora em Mato Grosso


Mato Grosso mais uma vez chamou a atenção de investidores chineses. Nesta quinta-feira (22.02), o governador Pedro Taques se reuniu com representantes da empresa XCMG Brasil para discutir a implantação de uma montadora de máquinas utilizadas na área da construção civil. Esta é a décima delegação de chineses que visita o Estado, após viagem da comitiva mato-grossense ao país asiático em novembro de 2017.

O grupo de chineses estuda a possibilidade de instalar a segunda fábrica da empresa no Brasil, em Mato Grosso. Há quatro anos, a XCMG Brasil possui uma unidade fabril no município de Pouso Alegre, em Minas Gerais.

A fábrica no estado mineiro tem a capacidade de produção anual de sete mil máquinas como caminhão guindaste, escavadeira, carregadeira, rolo compactador e motonivelador. A XCMG é quinta maior companhia de maquinário de construção do mundo e a 65º na lista de "As 500 melhores empresas da China".

 

Na ocasião o governador apresentou os potenciais do Estado, incentivos e recursos de logísticas de Mato Grosso. “Convidei a comitiva para retornar na primeira quinzena de março para detalharmos ainda mais as necessidades da empresa”, disse Pedro Taques.

O representante da província de Jiangsu, Sam Shang, se comprometeu em retornar ao Estado para fazer uma apresentação das máquinas fabricadas pela empresa e continuar as tratativas. “Esperamos fazer uma contribuição para Mato Grosso e também uma apresentação do potencial dos nossos produtos que podem ajudar todo mundo”.

O secretário adjunto de Empreendedorismo e Investimentos, Leopoldo Mendonça, destacou que Mato Grosso está crescendo e atraindo novos investidores. “Desde o início desta gestão temos buscado melhorar e aumentar a relação com a China. Já estivemos no país fazendo rodada de negócio e a cada dia os chineses procuram o nosso Estado para investir”, disse o secretário.

Em janeiro, a empresa chinesa CED Prometheus assinou protocolo de intenções para produção de energia solar na região de Chapada dos Guimarães. A eletricidade produzida atenderá as indústrias do Estado reduzindo o custo em energia. Deverão ser investidos US$ 330 milhões com capital 100% privado e participação da empresa chinesa na instalação da usina. A previsão inicial é de gerar cerca de 300 empregos diretos e indiretos no período das obras.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114