» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Terça, 03 de abril de 2018, 10h56

Escola dos Servidores completa 10 anos


Fotos: Otmar de Oliveira
.

A Escola dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso completa dez anos de instalação nesta terça-feira (3 de abril). Ao longo desse período, foram 2.767 capacitações com a participação de 46.362 servidores de todas as 79 comarcas do Estado.

Segundo explica a coordenadora da Escola, Andrea Marcondes Alves, a unidade tem como missão o aprimoramento da atividade jurisdicional, mediante a promoção continuada cursos, palestras, eventos e conferências – presenciais e à distância – sobre temas relevantes para a gestão judiciária.

“Existe uma preocupação singular da administração em bem atender seu servidor, bem qualificar e capacitar porque quem ganha com isso é a sociedade. Um servidor cada vez mais capacitado é plenamente feliz, então ele vai repassando a satisfação das suas funções, do seu trabalho, para o seu cliente, que é a sociedade”, aponta a coordenadora.

Na data comemorativa, o sentimento expresso pela coordenadora da Escola é a satisfação. “A cada dia nós aprimoramos e evoluímos, na intenção de melhorar a prestação jurisdicional com muita satisfação. É perceptível a alegria com que eles chegam aqui, a forma como são recebidos e como demonstram o agradecimento ante à administração por tudo aquilo que é ofertado”.

A unidade, composta por quadro formado atualmente por 15 servidores, tem como público-alvo os 4.483 servidores ativos da instituição e 286 magistrados, entre eles 30 desembargadores.

Dentre todos os servidores que passaram pela Escola com o intuito de aprimorar seus conhecimentos, a servidora com maior volume de capacitação é a gestora-geral do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), Euzeni Paiva de Paula, com 2.277 horas/aula.

Euzeni conta que ao longo de seus 23 anos como servidora do Poder Judiciário realizou muitos cursos porque sempre exerceu cargos de liderança em diferentes departamentos, o que a fez aprender sobre diversas ferramentas de gestão, administração judiciária, orçamento e projetos.

“Eu sempre gostei muito de estudar. Tenho uma crença forte de que o conhecimento é o maior patrimônio que podemos ter. Eu aproveitei todas as oportunidades que o Tribunal me proporcionou desde que começou a investir em capacitação”, relata.

Na visão da servidora, a Escola “institucionalizou o conhecimento como meio de modernizar a gestão. Sempre temos cursos do mais alto nível profissional, em parceria com professores renomados nacionalmente, excelentes. Sempre é colocada ao alcance dos servidores a oportunidade de crescimento e desenvolvimento não só técnico, como também pessoal. Tudo que eu aprendo levo para o meu dia a dia, meu convívio social, meus relacionamentos e minha família. É muito gratificante”.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114