» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Quinta, 05 de abril de 2018, 17h56

Projeto leva alegria a pacientes e ajuda na redução do tempo de internação


Ambiente muito mais humanizado com respostas efetivas na saúde dos pacientes internados. Este é o propósito do projeto Saudarte lançado nesta quarta-feira (04.04) pelas Secretarias de Estado de Cultura e de Saúde no Hospital Metropolitano de Várzea Grande e que deverá percorrer inicialmente os hospitais públicos da Baixada Cuiabana.

Com o apoio voluntário de personagens do mundo cultural, o projeto leva para dentro dos hospitais públicos o teatro, literatura, entre outras ações e produtos que permitam momentos de descontração àqueles que estão num leito em tratamento de saúde e também para os profissionais que trabalham na unidade.

Esta primeira edição do Saudarte contou com a participação do grupo de teatro Tibanaré, do ator Ilson de Oliveira e do escritor, poeta, historiador, membro da Academia Mato-grossense de Letras – entre outros títulos -, Sebastião Carlos Gomes de Carvalho.

Erson Figueiredo de Carvalho está internado desde o dia 4 de março em uma das enfermarias da ala masculina do Metropolitano. Ele caiu quando passava óleo na madeira do telhado de uma casa no bairro Nova Fronteira, em Várzea Grande. O paciente teve alguns momentos de diversão com a presença do grupo do Saudarte. “Ainda mais pra mim que estou aqui há trinta dias esperando a recuperação. Eles são bastante engraçados”, disse, esboçando um sorriso.

Um paciente que está há um ano internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital teve a oportunidade de ouvir o imortal Sebastião Carlos Gomes de Carvalho declamar uma poesia do seu livro Pássaros Sonhadores. Lúcido, o paciente não pode falar, porém seu olhar e sorriso revelaram sua satisfação. “Poder trazer um pouco de alento aos pacientes deste hospital é uma grande oportunidade. Com certeza, ao final desta ação, sairei muito melhor daqui”, afirmou o poeta Sebastião Carlos.

Diretor clínico do Hospital Metropolitano, o médico intensivista Fábio Liberali reconheceu a importância de iniciativas como esta. “Momentos de alegria em ambiente de internação podem levar o paciente a ter alta mais cedo, a usar menos remédio e ter menos intercorrência. Este projeto é excepcional porque vai trazer dois benefícios: bem-estar para os pacientes e melhorar os indicadores do hospital”, afirmou.

Liberali vai além ao classificar o Saudarte como uma importante ferramenta de promoção da saúde. “A felicidade é diretamente proporcional à saúde. A pessoa feliz tem menos doenças, menos depressão, alergia, controla melhor a pressão, reduz o estresse e tem menos câncer”, comparou o diretor.

O projeto Saudarte volta ao Hospital Metropolitano de Várzea Grande nesta sexta-feira, às 16h, com o artista plástico Valques Rodrigues e o ator Lioniê Vitório que, entre outros personagens, interpreta o personagem Nico na dupla Nico e Lau.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114