» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Quarta, 16 de maio de 2018, 10h55

Governo e iniciativa privada se unem em auxílio a venezuelanos


Jana Pessôa
.

Além do apoio do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT) e do Sistema Nacional de Emprego (SINE-MT), a Pastoral do Migrante conta com a colaboração da iniciativa privada para manutenção e gestão dos alojados no local.

Na última segunda-feira (14), a empresa de transportes Carvalima foi responsável pela doação de alimentos para a casa. “É a primeira doação para a Pastoral do Migrante. A empresa sempre faz doações para o Hospital dos Idosos e Lar da Criança, por exemplo”, disse Érica Ramos, agente social da empresa.

A arrecadação dos alimentos, entre eles arroz, feijão, macarrão e açúcar, foi feita entre os funcionários da empresa. Segundo a agente, cerca de 600 kg de alimentos foram arrecadados e posteriormente divididos para doação para diversas entidades.

A empresa de transportes também está empregando mão de obra no local. “Estamos contratando três haitianos e quatro venezuelanos. Entre quarta-feira e a próxima segunda-feira, todos começam [a trabalhar]”, afirmou Leydy Anny, psicóloga da Carvalima. Para que esse processo de contratação ocorra, o contratante deve efetuar o cadastro com um representante do Ministério do Trabalho na Pastoral ou procurar o SINE.

O venezuelano Rafael Rojas é um dos beneficiados com uma vaga de emprego. “Estou em Cuiabá há quase um mês. Consegui uma vaga de ajudante de carga. Eles estão nos prometendo oportunidade de crescimento e cursos”, explicou o jovem de 28 anos.

 

Vindo de Caracas, capital da Venezuela, Rafael chegou a terras brasileiras em 2016. Sua primeira cidade no país foi Boa Vista, em Roraima. As dificuldades em encontrar emprego o motivaram a deixar o local rumo a Cuiabá. Rafael e mais quatro amigos foram de ônibus até Manaus (AM) e de lá até Santarém (PA). Na cidade paraense, compraram bicicletas e pedalaram por duas semanas até à capital mato-grossense.

Atualmente, a Pastoral do Migrante, localizada no bairro Carumbé, conta com 97 migrantes. Na próxima segunda-feira (21.05) o SINE dará continuidade ao cadastro e a triagem para, através do perfil profissional, encaminhar os migrantes ao mercado de trabalho.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114