» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Quarta, 16 de maio de 2018, 18h11

Seminário 'Paremos a Homofobia' marca Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia


Para marcar o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia, o Seminário "Paremos a homofobia" será realizado nesta quinta-feira (17.05), das 8h às 17h30, no auditório do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. O evento, que é gratuito e aberto a toda a população, tem o objetivo de debater a defesa dos direitos da população Lésbica, Gay, Bissexual, Travesti e Transexual (LGBT) e preparar estratégias para o enfrentamento do preconceito.

Serão debatidos assuntos como Homofobia, Lesbofobia, Transfobia e bifobia, cine debate, além de contar com um show trans, de Michelly Rodrigues de Oliveira da Associação de Travestis e Transexuais de Mato Grosso (ASTRAMT). As inscrições serão realizadas no local do evento.

A conselheira do Conselho Regional de Serviço Social 20ª Região (Cress/MT) e uma das organizadoras do evento, Annelyse Cândido, lembra que o Brasil é o primeiro do ranking no quesito de execução de população LGBT no mundo. "Uma triste e cruel realidade da violência homofóbica no Brasil, que precisar ser mudada. Isso só acontecerá por meio da educação, acolhimento e debate constante", enfatiza.

O seminário é uma realização do Conselho Regional de Serviço Social de Mato Grosso (CRESS-MT), da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT), do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES), do Conselho Regional de Psicologia 18ª Região MT (CRP 18-MT), do Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (ADUFMAT) e do Movimento Estudantil de Ocupação ICHS/IGHD.

A data

O Dia Internacional de Luta contra a Homofobia foi escolhido em alusão à exclusão da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS). O fato ocorreu em 17 de maio de 1990, e foi oficialmente declarado em 1992. No Brasil, a data foi oficialmente instituída somente em 04 de junho de 2010.

Confira a programação:

08h – Credenciamento (Gratuito ou doação de 1 kg de alimento não perecível).

08h15 – Boas vindas – Suzi Costa (Coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do CRESS – MT)

08h30 – Cine debate – Filme: "CORPOS VIVÍVEIS" (Direção: Fábio Morelli)

Debatedores:

Raphaely Luz – acadêmica de Serviço Social (UFMT), ativista trans (ASTRAMT)

Prof. Ms. Qelli Rocha – Coordenadora do GTPCEGDS – Adufmat – ANDES/SN
Ms. Gabriel Henrique Pereira de Figueiredo – psicólogo, mestre em psicologia social, conselheiro do CRP/MT, membro da comissão de direitos humanos e políticas públicas e membro do Grupo Livremente.

Articuladora: Michelly Rodrigues de Oliveira (representando a Associação de Travestis e Transexuais de Mato Grosso - ASTRAMT)
Debate

13h30 – Apresentações culturais: Organização Centro de Referência em Direitos Humanos/SEJUDH

14h00 – Mesa de diálogos: "Percursos e percalços da/na Homofobia, Lesbofobia, Transfobia e bifobia no contexto de Matogrossense."

Profª Drª Adriana Sales – Superintendência de formação dos profissionais da educação/SEDUC/MT, doutora em psicologia (UNESP/ASSIS) e mestre em educação (UFMT), secretária para assuntos internacionais da associação nacional de travestis e transexuais (ANTRA) e secretária de educação da associação brasileira de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (ABGLT).

Menotti Griggi – Jornalista, produtor cultural, ator, ativista social lgbt, empresário e coordenador de várias paradas da diversidade de Cuiabá.

Prof. Dr. Danie de Jesus - Possui mestrado em Educação pela Universidade Federal de MT (2000) e doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007). Professor do Departamento de Letras e do Programa de Pós-graduação em Linguagens (MEL/UFMT)
Ms. Admilson Mario de Assunção – Professor, graduado em filosofia, mestre em educação pela UFMT, coordenador de diversidades educacionais da SEDUC/MT e ativista do movimento LGBT.

Articulador: Daniel Victor – ativista LGBT, Conselheiro Estadual de Educação e Secretário de organização da UJS.

17h00 – Show trans: Michelly Rodrigues de Oliveira (Associação de travestis e transexuais de Mato Grosso - ASTRAMT)

17h30 – Entrega dos certificados


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114