» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Quinta, 07 de junho de 2018, 16h11

Fórum busca fortalecer Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas


.

 Termina nesta quinta-feira, 07.06, o II Fórum Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso cujo objetivo foi debater as políticas voltadas à sustentabilidade de bibliotecas no Estado. O evento, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso (SEBPMT), ocorreu em Cuiabá, de 05 a 07 de junho, no Cine Teatro.

Contando com a participação de representantes de diversos municípios mato-grossenses, o evento trouxe muitas contribuições para o fortalecimento do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas. A coordenadora da Biblioteca Rubens de Mendonça, que também é coordenadora do Sistema de Bibliotecas de Mato Grosso, Waldinéia Ribeiro de Almeida, falou sobre a importância da realização do Fórum, valorizando o comparecimento dos municípios que reconhecem a necessidade de entenderem as políticas públicas que dão sustento às bibliotecas. “Realizamos a segunda edição do Fórum para trazer a discussão da ressignificação desses espaços das bibliotecas. Os participantes conheceram as necessidades e possibilidades dos equipamentos dos quais fazem a gestão, fortalecendo assim todo o Sistema de Bibliotecas Públicas”, garantiu Waldinéia.

Dentre as ações para ampliação e fortalecimento de bibliotecas públicas, destacou-se, durante a realização do Fórum, a eleição do Grupo de Trabalho da Cadeia Produtiva do Livro. O GT será o responsável por validar o Plano Estadual de Livro e Leitura (PELL/MT). Segundo Waldinéia Almeida, “o plano estadual começou a ser elaborado em conjunto pelas Secretarias de Estado de Cultura e de Educação, e agora, com esse Grupo de Trabalho, será finalizado e validado para encaminhamento ao poder legislativo a fim de que se torne de fato uma lei, atendendo aos anseios da comunidade e da cadeia do livro”.

Uma das especialistas convidadas para o evento, a secretária-executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), Renata Silveira da Costa, ressaltou a necessidade dos Estados ajudarem a movimentar a elaboração dos planos municipais, tendo em vista as complexidades de uma atuação efetiva em todo o país. “Agradecemos ao Estado, à Secretaria de Estado de Cultura por essa iniciativa, por já começar a fomentar a elaboração dos planos municipais do Livro e Leitura em paralelo à finalização de seu próprio plano estadual”, expressou Renata Costa.

O Plano de Livro e Leitura

O Plano é uma política pública, de natureza abrangente, que vai nortear, programas, projetos e ações continuadas nos entes federativos visando assegurar a democratização do acesso ao livro, o fomento e a valorização da leitura e o fortalecimento da cadeia produtiva do livro como fator relevante para o incremento da produção intelectual e o desenvolvimento da economia.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114