» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Segunda, 02 de julho de 2018, 14h32

Governo lança programa Pró-Horta Escolares nesta terça-feira (03)


O Governo do Estado de Mato Grosso dá inicio nesta terça-feira (03.07) ao programa Pró-Horta Escolares. O lançamento oficial ocorre às 13:30, no auditório Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. Participarão da solenidade o governador Pedro Taques, a secretária de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marioneide Angélica Kliemaschwsk, e o secretário de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Corségio Ribeiro Albuquerque.

O programa será desenvolvido através de uma parceria entre as secretarias de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf) e Educação, Esporte e Lazer (Seduc). Ao todo, 20 municípios serão contemplados. O investimento será de R$ 168 mil, a serem utilizados em ações de incentivo na implantação e manutenção de hortas escolares de 42 escolas estaduais do Estado. Os recursos serão destinados basicamente na aquisição de insumos, ferramentas e sombrites. Além disso serão realizadas atividades de assistência técnica e acompanhamento pedagógico aos estudantes.

Os municípios a serem atendidos pelo Pró-Hortas são: Acorizal, Água Boa, Alto Paraguai, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Jangada, Mirassol D’Oeste, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Porto dos Gaúchos, Poxoréu, Primavera do Leste, Rondonópolis, Rosário Oeste, Santo Antônio do Leverger, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande.

A escolha desses municípios foi feita de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o tamanho da área útil, o nível de envolvimento da equipe profissional da escola e comunidade, o histórico da horta, capacidade de implantação e manutenção, estrutura atual e disponibilidade de água.

SERVIÇO

O que: Governo lança programa Pró-Hortas Escolares

Data: 03/07/18

Local: Palácio Paiaguás, auditório Cloves Vettorato

Horário: 13:30

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114