» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Segunda, 02 de julho de 2018, 17h03

Capacitação visa melhorar procedimentos do protesto eletrônico em MT


O protesto de títulos é totalmente eletrônico e gratuito em Mato Grosso por meio da Central de Remessa de Arquivos de Mato Grosso (CRA-MT), sediada no Instituto que representa os Cartórios de Protesto (IEPTB-MT). E para aprimorar os procedimentos, foi realizada uma capacitação técnica com representantes da empresa responsável pela plataforma da central e os colaboradores da Central esta semana, em Cuiabá.

.

A CRA-MT é responsável por receber os títulos e documentos de dívida a serem protestados e enviar aos 79 cartórios do estado para a intimação dos devedores sem a necessidade de deslocamento dos credores conveniados. E a empresa de desenvolvimento de sistemas de informação com sede em Brasília, é uma das responsáveis pela plataforma utilizada.

 

"O protesto em Mato Grosso cresceu muito e buscamos sempre nos atualizar. O acompanhamento é feito regularmente pelos analistas de forma não presencial e a capacitação presencial contribui ainda mais para estreitar os laços profissionais de forma a tornar o trabalho muito mais eficiente. Essa é uma parceria que já dura anos e vem se solidificando para melhor atender nossos clientes", apontou a gestora da CRA-MT, Tânia Pelissari.

 

Os analistas de suporte Maria Paula Gomes e Matheus Vieira de Souza confirmaram a importância de estreitar relacionamentos e elogiaram a equipe de Cuiabá. "Eles utilizam bem todas as ferramentas disponibilizadas no sistema, vemos que têm sido bem aproveitadas. E essa é uma oportunidade de conhecermos o trabalho para propor melhorias a serem feitas", ressaltaram.

 

Para a colaboradora Débora Marinho a capacitação foi importante. "Sempre nos falamos por telefone ou Skype, mas, assim há mais interação. Eles veem nossa rotina pessoalmente e sugerem formas de tornar mais ágil o trabalho. Aproveitamos para passar algumas sugestões também", observou.

 

O protesto em MT é gratuito

 

Para as instituições financeiras, órgãos públicos e, agora, para as empresas privadas o protesto de títulos em Mato Grosso é gratuito. O credor que pretende receber o pagamento de uma dívida em atraso sem pagar nada pode procurar o Instituto de Protesto, em Cuiabá, para efetivar convênio e fazer o envio de forma eletrônica ou também direto os cartórios de protesto do estado.

 

A partir de 16 de junho deste ano todos os cartórios passaram a receber os documentos para o protesto sem cobrar as taxas relativas ao protesto dos credores. Estas passam a ser pagas pelos devedores, conforme postergação dos emolumentos autorizada pela Corregedoria-Geral de Justiça, a pedido do IEPTB-MT.

 

Contatos - Mais detalhes sobre o protesto gratuito em MT nos contatos: (65) 3621-3046 ou ieptb@protestomt.com.br. A sede do Instituto de Protesto fica na Av. São Sebastião, 2.906 - Quilombo, Cuiabá - MT, 78045-305.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114