» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Sexta, 12 de maio de 2017, 16h31

Reunião propõe consolidação de aquisições do PJMT


Coordenadores de diversos setores do Tribunal de Justiça do Estado se reuniram nesta sexta-feira (12 de maio), na sala de reuniões da presidência, para apresentar o levantamento de aquisições e custos de cada unidade para o exercício de 2017. As ações fazem parte do Plano de 120 dias da instituição.

Inicialmente os departamentos ficaram responsáveis por identificar as demandas como críticas(que precisam ocorrer no prazo de dois meses), urgentes (àquelas que serão efetuadas nos próximos três ou quatro meses) e importantes (o que será desenvolvido ao longo do ano). Assim como, as fases de andamento que serão divididas entre, em curso e a ser iniciadas.

Todos os dados explicitados pelas áreas serão incluídos em uma planilha geral de custos, de acordo com o diretor de planejamento do TJMT, Flávio Paiva Pinto. “A ideia é consolidar todos os dados numa grande planilha para otimizar recursos humanos e financeiros e com isso produzir mais resultados. Essas informações serão disponibilizadas à administração para a tomada de decisões”.

O diretor explicou também que, inicialmente, 200 demandas irão integrar a planilha, das quais 130 procedimentos administrativos já foram disparados no âmbito do Judiciário e serão priorizados conforme as especificações – crítica, urgente e importante. Outras 70 estão na lista e devem ser iniciados em breve.

Esses são elementos importantes para a construção do Planejamento Estratégico com base nos fluxos, define o vice-direto-geral, Eduardo Campos. “É de suma importância que os coordenadores nos passem o que realmente é prioridade para cada área, desse modo conseguiremos estabelecer uma escala de precedências para atender com mais rapidez as necessidades. Já ultrapassamos mais de metade do Plano de 120 dias e estamos pensando no Planejamento Estratégico da gestão, estamos na fase de transição do plano para a execução do planejamento”, observou.

Fizeram parte da reunião Angela Nogueira (Infraestrutura), Andrea Marcondes e João Bosco Monteiro (Escola dos Servidores), Salma Paiva e Mariney Constantina Pinto (Magistrados), Ranniery Queiroz (Comunicação), Simone Borges da Silva (Controle Interno), Marluce Peixoto de Assis (Administrativa), Ilman Rondon Lopes (Financeira), Karine Giacomeli (Judiciária), Fernanda Machado Gnaspini (Tecnologia da Informação), major Gabriel Leal (Militar), Mateus Reiners (Diretora-geral), Cássio Costa Vilella e Guimarilza Souza (Coplan), entre outros.

Continuidade - A próxima reunião será na terça-feira (16 de maio) e terá a participação do presidente do TJMT, desembargador Rui Ramos Ribeiro. Na ocasião ele irá conhecer as prioridades de cada departamento de forma detalhada. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A retomada das obras do VLT pode ser:

Palanque político para 2018
Mais uma balela sem fim
Confio na solução do problema
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114