» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Terça, 16 de maio de 2017, 10h53

Campanha contra abuso infantil chega à Cotriguaçu


.

O interior de Mato Grosso também foi contemplado pela campanha de “Combate ao Abuso e à Exploração de Crianças e Adolescentes” promovida pela Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ-MT), por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ). No dia 11 de maio, cerca de 800 alunos de 4 a 18 anos participaram das atividades nas escolas Estadual André Antônio Maggi e Municipal Aparecido Neri Fonseca, localizadas no distrito de Nova União, nas proximidades da comarca de Cotriguaçu (950 km a noroeste de Cuiabá).

A programação incluiu palestras ministradas pelo juiz Dante Rodrigo Aranha da Silva, pela gestora geral Juliana Luiza Haupenthal e pelos psicólogos Gleiciane Orben e André Luiz Silveira, além da apresentação de vídeos educativos como, por exemplo, “O seu corpo é um tesourinho”. Por meio dessas atividades, foi explicado como os abusos ocorrem, os cuidados a serem tomados e como proceder nesses casos. No fim de cada apresentação, os palestrantes abriram espaço para os jovens esclarecerem dúvidas a respeito do tema abordado.

Da conversa com as crianças, na qual o assunto foi explicado com palavras cuidadosamente escolhidas, ficou a certeza que elas entenderam que o corpo delas é um “tesourinho” a ser guardado. Já com os adolescentes, diante da possibilidade de maior entendimento, a conversa foi mais aberta, houve diálogo e participação intensa dos jovens. Conforme o juiz Dante Rodrigo, “o importante recado foi dado, acreditando-se que foi bem recebido e que ressoará por um bom tempo na vida e na conduta de todos aqueles que lá estiveram”.

Segundo o psicólogo André Luiz, os abusos muitas vezes ocorrem dentro do próprio lar, independentemente da classe social. “Nós profissionais sabemos da importância de se fazer a prevenção, por isso esclarecemos como agir em situações de risco por meio de palestras, e como prestar atendimento à vítima abusada. Assim, contribuímos para que as pessoas entendam melhor a situação e auxiliamos na redução dos danos que esses crimes causam na vida de nossas crianças e adolescentes”, afirmou.

Ao longo da semana, a campanha se estenderá a outras escolas da rede municipal e estadual de Cotriguaçu e arredores. Na terça-feira (16 de maio), a Escola Estadual Maria da Glória Vargas Ochôa será contemplada. Já as escolas Estadual Benício Tretel da Silva, Estadual Sidney Cesar Fuhr (Comunidade Rural da Linha Gaúcha) e Municipal 7 de Setembro (distrito de Agrovila) serão visitadas nos dias 17, 18 e 19 de maio, respectivamente. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A retomada das obras do VLT pode ser:

Palanque político para 2018
Mais uma balela sem fim
Confio na solução do problema
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114