» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Terça, 12 de setembro de 2017, 10h09

Presidente avalia reforma em Campo Verde


Os juízes e servidores do fórum de Campo Verde (131 km ao sul de Cuiabá) receberam na tarde desta segunda-feira (11) o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Rui Ramos Ribeiro. O encontro serviu para ouvir os anseios jurisdicionais e estabelecer metas para levar a justiça mais célere e eficaz ao povo campo-verdense. Participaram do encontro o prefeito da cidade, Fábio Schroeter, o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Nicomedes Lindolfo Freita e a juíza-diretora, Maria Lúcia Prati.

O presidente solicitou que os magistrados e gestores desenvolvessem um plano de necessidades do Fórum. Na apresentação das reivindicações os magistrados de Campo Verde listaram as prioridades para que o TJMT possa avaliar as condições de execução. “Temos aqui as condições favoráveis para fazermos essas reformas pretendidas. Não é um trabalho fácil, essas demandas não serão realizadas em cinco minutos, porém temos que acompanhar a evolução da sociedade. Não dá para deixar os trabalhos defasado, por falta de investimentos. Todo nosso esforço deve ser investido nos serviços judiciais e na entrega célere da justiça aos jurisdicionados. O Judiciário é imprescindível para a sociedade e precisa estar cada vez mais presente e eficaz”, ponderou o presidente do TJMT, desembargador Rui Ramos Ribeiro.

Entre os pontos principais estão a necessidade de realinhar a posição dos gabinetes e das secretarias; salas para as assessorias de cada gabinete; sala de audiência de conciliação para o juizado especial; sala de depoimento sem dano; alojamento para militares; sala de testemunhas para o júri; sala secreta para o júri; ampliação da sala de espera para advogados e testemunhas; refeitório; sala para terceirizados com banheiro. Além disso, a comarca também apresentou a necessidade de recursos humanos: 06 analistas judiciários, 9 técnicos judiciários, 5 auxiliares judiciários, 7 oficiais de justiça, 1 agente de gabinete, 1 distribuidora, 7 credenciados.

A juíza-diretora, Maria Prati, comentou que a visita do presidente foi muito importante e demonstra sua preocupação com as comarcas do interior. “Hoje podemos expor as dificuldades de Campo Verde, principalmente quanto estrutura do fórum e a necessidade de sua ampliação para, em um futuro próximo, conseguirmos instalar uma quarta vara, a fim de garantir a celeridade na prestação jurisdicional”.

O prefeito do município, Fábio Schroeter, disse que os projetos de reforma do fórum são prioridade do executivo municipal. “Em tempo de dificuldade a parceria é o ideal. Aqui em Campo Verde, esse fórum foi construído pela sociedade e é prova que a união de esforços é benéfica. Então damos prioridade as obras do fórum, pois está nítido que precisamos ampliar nossa prestação de serviços à sociedade”, falou.

O representante da 23ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso, Nicomedes Lindolfo Freitas, reiterou que as necessidades do fórum são muitas, porém acredita que o presidente do TJMT esteja interessado na melhoria dos serviços judiciais. “Nós estamos apoiando o TJ no que for necessário nessa reforma. Creio que o desembargador-presidente vá atender a necessidade da nossa cidade. Nós estamos no dia a dia forense e sabemos das dificuldades. Somos mais de 80 advogados inscritos na OAB de Campo Verde e precisamos de uma estrutura forense adequada”, comentou. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114