» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Sexta, 10 de novembro de 2017, 11h17

Tribunal de Justiça de MT lança plataforma para aparelhos móveis


Foto: Tony Ribeiro
.

Nesta sexta-feira (09), o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) ingressou oficialmente na era digital dos dispositivos móveis (celulares e tablets). A coordenadoria de Tecnologia da Informação (TI), a pedido da presidência do TJMT, construiu uma nova plataforma de acesso aos serviços do Poder Judiciário. O aplicativo chamado PJMT Serviços pode ser usado por qualquer dispositivo móvel, sem a necessidade de instalação ou atualizações. Inicialmente a plataforma se direcionará para os advogados com duas funcionalidades: Monitoramento e Mandados.

O juiz auxiliar da Presidência, João Thiago de França Guerra, explicou que o Poder judiciário construiu a base para que os usuários do PJMT possam acessar os serviços judiciais na ‘palma da mão’. “Com essa ação nós ingressamos oficialmente na era mobile. O aplicativo foi uma iniciativa e ação muito inteligente da nossa equipe de Tecnologia da Informação. Eles conseguiram resumir os anseios dessa administração em um curtíssimo tempo, coisas que imaginávamos que levariam três anos para se concretizar. Isso foi sintetizado pelos nossos profissionais e colocado em pratica neste momento. Isso merece nosso respeito e agradecimento”, disse.

O magistrado ponderou que apesar do sistema apresentar funcionalidades inicialmente voltadas para os advogados, a base para a expansão está formada. “Os serviços prestados pelo Poder Judiciário estão mudando. O Processo eletrônico (PJe) é um desses indicativos. Essa transformação, a exemplo do que aconteceu com as instituições bancárias – na ultima década – também chegará ao poder Judiciário. A tecnologia será parte de nossas rotinas e pensando nessa linha de evolução veio o aplicativo PJMT Serviços”, acrescentou.

Para o diretor de Sistemas e Aplicações da Coordenadoria de Tecnologia da Informação, Gustavo Piccin, a nova plataforma foi montada a partir de tecnologia inovadora visando o uso amigável dos usuários de celulares e tablets. “Nós identificamos que 16,5% dos nossos usuários (advogados, operadores do direito e cidadãos) acessam os sistemas do Poder Judiciário por meio de aparelhos móveis. Com os dados desse levantamento, nós verificamos que há muitas pessoas que tentam usar nossa plataforma, apesar dela ter sido pensada para o uso em computadores mesa (desktop). É natural que nós do PJMT forneçamos um produto que seja móvel também”, comentou.

O novo sistema apresenta as funcionalidades de Monitoramento e Mandados. “Neste momento a plataforma estará disponível para consulta e distribuição de processos e mandados dos oficiais de justiça do PJe. Então os advogados poderão fazer as suas consultas e verificar quais foram os mandados que já foram emitidos, para quem foi distribuído, a quanto tempo está com o oficial de justiça e acompanhar tanto a abertura quanto o cumprimento desses mandados. O outro serviço que será disponibilizado é um sistema de acompanhamento e monitoramento do PJe. Caso o PJe fique indisponível em algum momento do dia isso será registrado no sistema do aplicativo e servira para os advogados adiarem prazos, ou justificarem possíveis atrasos”.

A plataforma pode ser acessada pelo endereço m.tjmt.jus.br . Assim que aberto pela primeira vez - em celulares e tablets - será solicitada que o usuário crie um atalho no seu dispositivo. A partir dai não será necessário baixar e instalar o aplicativo, nem solicitações de atualizações. O atalho não possui acesso e controle sobre dados do usuário, nem controle de funcionalidades com geo-localização, câmera e contatos.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114