» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Sexta, 10 de novembro de 2017, 20h38

Gestores se aperfeiçoam em gestão estratégica


Gestores-gerais e administrativos das comarcas de Barra do Garças, Nova Mutum e Campo Novo do Parecis participam nesta sexta-feira (10 de novembro) do programa “Conhecendo a Gestão Estratégica”, ofertado pela Coordenadoria de Planejamento (Coplan), na sede do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Após um breve tour pela ala administrativa do Tribunal, os seis servidores convidados foram recepcionados pelo juiz auxiliar da Presidência João Thiago de França Guerra e pela diretora-geral do TJMT, Claudenice Deijany F. de Costa, oportunidade em que puderam trocar ideias e compartilhar experiências.

Para o juiz João Thiago Guerra, essa é uma das mais importantes ações desenvolvidas pela atual gestão. “A visão estruturante faz toda a diferença. Quanto mais pessoas entenderem como o Tribunal funciona, mais pessoas vão poder ajudar o Tribunal a melhorar, vão poder dar sua opinião e ser estrategicamente relevantes para a organização”, opina. Durante o encontro serão abordados temas como Gestão de Estatística, Gerenciamento de Projetos e Portfólio, gestão por processo, gestão orçamentária e GMD.

Segundo o magistrado, muitas vezes o servidor do interior não compreende porque o Tribunal toma uma decisão ou deixa de fazer algo, por isso é importante que conheça a realidade da instituição. “Eles precisam saber que nossos recursos são limitados enquanto as nossas necessidades são potencialmente ilimitadas, e que escolhas têm que ser feitas e quais os critérios são utilizados para essas escolhas. Isso se chama gestão participativa. Isso é dar poder para que as pessoas possam ajudar, influenciar e efetivamente fazer parte daquilo que o TJ vem fazendo. Sou encantado com essa iniciativa, quanto mais pessoas tiverem oportunidade de participar, melhor nós vamos funcionar”.

O programa foi criado para disseminar a cultura de gestão de projetos e gestão de processos e orçamento aos gestores das comarcas. Segundo a diretora-geral do TJMT, Claudenice Deijany F. de Costa, o mais importante dessa ação é a interação entre os servidores das comarcas com os gestores do Tribunal, assim como com a equipe da Coplan. “Foi uma visita bastante salutar e muito produtiva, porque eu pude ouvi-los de perto. É isso que realmente vale, que faz com que as pessoas trabalhem mais motivadas quando conhecem a estrutura organizacional, as ações estratégicas tomadas pela gestão e as que porventura serão tomadas até o final, para poder alinhar metas, métodos e ações para uma missão comum que é a efetiva prestação jurisdicional”.

Conforme a diretora, no próximo ano o programa deve ser intensificado. “Vamos intensificar a vinda desses servidores, fazendo um equilíbrio entre comarcas de Primeira, Segunda, Terceira Entrância e Entrância Especial, para que mais servidores possam passar por essa experiência de aprendizado de técnicas e ações, de metodologias atuais e modernas da gestão estratégica. A intenção, além de intensificar essas visitas, é de nós montarmos uma equipe de servidores da gestão para ir até as comarcas, porque aí abrangeremos maior número de pessoas também”.

Já o coordenador de Planejamento do TJMT, Afonso Maciel, enfatizou a importância da troca de experiências com os participantes. “Esse encontro é muito importante tanto para a integração do Primeiro com o Segundo Grau de jurisdição como também com relação aos níveis dentro de uma organização: estratégico, tático e operacional. É oportunidade de nós passarmos para as equipes um pouco de método, do nosso conhecimento em planejamento, projetos, processo de trabalho e estatística, e ao mesmo tempo receber deles um retorno com relação ao dia a dia nas comarcas. O que é mais importante é buscar essa ligação entre a área-meio e a área-fim, porque o objetivo principal do projeto é melhorar a prestação jurisdicional”.

Para a gestora-geral da Comarca de Nova Mutum, Ronise de Almeida Sabadin, a visita ao Tribunal é uma excelente iniciativa. “A gente está conhecendo na prática esses projetos, esses processos gerenciais que vão nos auxiliar lá na comarca a como administrar os recursos financeiros, humanos, de prestação de serviço à população, então é uma excelente iniciativa que nos capacita a melhor desempenhar nossa função de administrador”.

Já a gestora-geral da Comarca de Barra do Garças, Elizângela Nunes, enfatizou a importância de saber como o Tribunal funciona. “Lá na comarca a gente vive em um universo bem reduzido e quando chega aqui entende o que o Tribunal pode fazer, o que ele quer fazer e o que está dentro das possibilidades. Essa visita também é importante para que a gente coloque na cabeça a importância de planejar as nossas ações e para criar vínculo com o Tribunal, para ver o que é possível ser feito para atender a necessidade da comarca”.

A gestora administrativo II da Comarca de Campo Novo do Parecis, Angela Carla Einik, o programa deve ser estendido a outras comarcas e servidores. “Esse tipo de iniciativa é muito interessante porque quando estamos na comarca não temos noção de como funciona o Tribunal de Justiça, ainda mais com relação à gestão estratégica. Trabalhamos muito com a parte jurídica, não com a gestão estratégica. Então, essa é uma ótima iniciativa”.

Os próximos gestores-gerais e administrativos a receber a capacitação são os servidores das comarcas de Santo Antônio do Leverger, Nobres e Campo Verde (24 de novembro). No dia 1º de dezembro, será a vez dos gestores de Jaciara, Mirassol D’ Oeste, Arenápolis e Diamantino.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114