Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Terça, 14 de novembro de 2017, 17h42

Confira os plantonistas do feriado


.

O desembargador Marcos Machado é o magistrado plantonista do Tribunal de Justiça de Mato Grosso neste feriado nacional do Dia da Proclamação da República (15 de novembro). Ele fica responsável pelo recebimento dos feitos cíveis e criminais de urgência, como mandados de segurança e habeas corpus. O magistrado contará com a assessoria da Secretaria da Terceira Câmara de Direito Privado, que atende pelos números: (65) 3617-3462/ 3549 e pelo celular do plantão: (65) 99989-5920.

No Fórum de Cuiabá, as ações cíveis urgentes ficarão a cargo do juiz Márcio Aparecido Guedes, da Segunda Vara Especializada da Fazenda Pública. O servidor Edmar Delgado Magalhães dará suporte ao magistrado e poderá ser acionado pelos números: (65) 3648-6520/99948-8823.

Os casos criminais ficarão sob a responsabilidade do juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Segunda Vara Criminal, com o auxílio da gestora Mirella Jenniffer de Siqueira Eugenio. Eles podem ser contatados pelos telefones: (65) 3648-6161/99949-0558.

Já no Fórum de Várzea Grande, as ações cíveis e criminais de urgência serão recebidas pelo juiz José Luis Leite Lindote, da Primeira Vara Especializada da Fazenda Pública. O apoio ao plantão será realizado pela gestora Divânia Federici. Os telefones de contato são: (65) 3688-8448/99225-1385.

É importante lembrar que durante o plantão judiciário do TJMT, as medidas urgentes devem ser protocolizadas na forma física.

Veja AQUI os plantões das comarcas.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114