» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Terça, 09 de janeiro de 2018, 16h46

Corregedor-Geral expõe prioridades para 2018 em reunião com servidores


.

Em reunião de início dos trabalhos, realizada na última segunda-feira (08), o Corregedor-Geral da Defensoria Pública, Cid de Campos Borges Filho, expôs aos servidores do órgão as prioridades de atuação para 2018 e as mudanças que serão implementadas.

“Finalizamos 2017 com o sentimento de dever cumprido, mas os desafios continuam e se renovam devido ao patamar de credibilidade que alcançamos. Temos um bom reconhecimento perante os colegas, mas precisamos avançar cada vez mais, rumo a excelência”, pontuou o Corregedor-Geral.

Dentre as prioridades elencadas por Cid Borges, estão à atualização diária dos prontuários, os processos de estágio probatório e de promoção, bem como a criação de um fluxograma de procedimentos internos. Além disso, o Corregedor-Geral garantiu que serão retomadas as correições e as inspeções nos núcleos da Instituição.

Quanto às mudanças, Cid Borges cedeu sua assessoria direta para a Secretaria-Geral do órgão, em virtude da demanda e do reduzido quadro de servidores. “Nossa equipe é maravilhosa, tem realizado um excelente trabalho, mas temos uma série de dificuldades, nosso quadro não é o ideal e nem o desejado, então decidi me sacrificar em benefício da coletividade”.

Já a Primeira Subcorregedora-Geral, Alenir Auxiliadora Ferreira da Silva Garcia, ressaltou que, apesar da equipe reduzida, o órgão tem cumprido com todas suas atribuições e garantido a guarida necessária para que os Defensores Públicos exerçam sua função institucional. “Nossa demanda aumentou devido a nossa credibilidade e ao trabalho que estamos desemprenhando. Devemos continuar unidos, pois isso nos faz mais fortes para vencer as adversidades”.

Na oportunidade, o Secretário-Geral do órgão, Jean Paul Dias, também destacou algumas prioridades para 2018 e garantiu que ao fim desta gestão os prontuários dos Defensores Públicos e servidores concursados da Defensoria Pública serão todos digitais.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114