» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Terça, 10 de abril de 2018, 01h31

Inspeção vai aprimorar trabalhos no TJMT


.

Entre os dias 23 e 27 de abril o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) recebe equipe da Corregedoria Nacional de Justiça, que fará inspeção de rotina, tanto no tribunal quanto nos cartórios (serventias extrajudiciais). Este é um trabalho que está sendo desenvolvido pela instituição nacional desde o início da gestão e que tem percorrido todos os tribunais do país. A informação consta na edição nº 10232 do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) desta segunda-feira (9 de abril).

Esta é a primeira vez que a Corregedoria Nacional de Justiça inspeciona todos os tribunais. O objetivo é formatar um padrão mínimo de gestão, com vistas a construção de soluções.

Na oportunidade são verificados aspectos como os trabalhos nas varas da capital e do interior, os prazos processuais, as condições de trabalho dos servidores, o atendimento ao cidadão, gabinete dos desembargadores, produtividade dos magistrados, entre outros.

Segundo o juiz auxiliar da Presidência do TJMT, Túlio Duailibi, este é um procedimento de rotina e que vai garantir o aprimoramento dos trabalhos internos desenvolvidos pelo Poder Judiciário de Mato Grosso. “Esta é a função da Corregedoria: fiscalizar ou regular as atividades da justiça. As inspeções têm ocorrido desde o ano passado e Mato Grosso ficou para este momento. É um trabalho de verificação in loco no Poder Judiciário estadual”, informou o magistrado.

De acordo com o juiz auxiliar da presidência, o TJMT já reuniu algumas informações prévias e enviou à Corregedoria Nacional de Justiça para que eles tenham dimensão do trabalho de inspeção a ser realizado em Mato Grosso. “Todas as áreas do tribunal estão preparadas. Nós recebemos essa visita como forma de nos enxergar, de ver nossa metodologia de trabalho”, complementou.

Também são verificadas questões de prazo processual e taxa de congestionamento nas unidades judiciárias. Fora isso, a atividade interna e administrativa corre dentro da normalidade. “Temos um bom rendimento, já que fomos eleitos o melhor tribunal de justiça de médio porte do país, segundo o último relatório ‘Justiça em Números’, do Conselho Nacional de Justiça”, finalizou.

Veja AQUI o DJE com a portaria.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114