» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Quarta, 11 de abril de 2018, 09h17

Prêmio vai homenagear mulheres engajadas na defesa dos direitos femininos


A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) promove a 3ª edição do Prêmio Estadual ‘Ruth Corrêa Marques da Costa’, uma homenagem às mulheres que se destacam na promoção e defesa dos direitos femininos em Mato Grosso.

O prêmio é coordenado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM-MT) e será concedido para duas mulheres na categoria personalidade, uma em vida e outra in memorian, com destaques na área profissional ou pessoal, por um fato relevante, produção de conhecimento ou pela própria trajetória de vida.

As pessoas interessadas no prêmio deverão enviar um requerimento ao Conselho até o dia 23 de abril de 2018, via correio, ou pelo endereço eletrônico http://cedm@sejudh.mt.gov.br, com nome da indicada, destacar se concorre em vida ou in memorian; curriculum vitae simples e justificativa da indicação em, no máximo, três páginas, com histórico de atuação da indicada.

A mesma personalidade não poderá ser premiada no ano seguinte, caso tenha sido agraciada. A premiação entende os direitos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais como direitos humanos, confirmando a sua indivisibilidade e interdependência.

O julgamento obedecerá aos seguintes parâmetros de avaliação: importância histórica da ação dessa personalidade para a defesa dos Direitos Humanos das Mulheres no contexto estadual; geração e produção de conhecimento relevante sobre os Direitos Humanos das Mulheres; capacidade inovadora e criativa do trabalho desenvolvido; integração com outros segmentos sociais; impactos sociais, políticos e culturais na sociedade e integração dos direitos humanos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais.

As decisões do Conselho serão tomadas pela maioria simples dos votos e o prêmio será concedido às indicadas que obtiverem maior votação. A premiação será entregue no dia 04 de maio.

Ruth Marques Corrêa da Costa

Com a vida dedicada ao magistério, Ruth Marques Corrêa da Costa foi diretora da Escola Bernardina Ricci por 19 anos, além de exercer o cargo de supervisora em várias escolas da Capital. Ajudou a criar a Associação de Professores Primários de Mato Grosso, tendo sido eleita a primeira presidente. Posteriormente, a mencionada associação se transformou no Sindicato dos Trabalhadores da Ensino Público de Mato Grosso. Ruth foi também proprietária do Colégio Santa Cecília (escola particular) e, durante dez anos, concedeu várias bolsas de estudo para crianças carentes e auxiliava mulheres necessitadas.

O Conselho Estadual de Direitos da Mulher de Mato Grosso tem por finalidade promover, em âmbito estadual, políticas que visem eliminar a discriminação da mulher, assegurando-lhe condições de liberdade e igualdade de direitos, bem como sua plena participação nas atividades políticas, econômicas e culturais do Estado.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai Emanuel tem várias denúncias por corrupção
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114