» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Quarta, 11 de abril de 2018, 10h04

Cartilha com serviços disponíveis para a proteção a criança e adolescente é lançada


.

Uma cartilha com a sistematização de mais de 400 serviços públicos e da sociedade civil que podem contribuir e potencializar a proteção social de crianças e adolescentes nos municípios de Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento foi lançada durante evento da "Rede Protege: articulação intersetorial da infância e adolescência”, realizado ontem (10.04), no Centro Universitário de Várzea Grande (Univag).

O trabalho foi produzido pela Promotoria de Justiça de Várzea Grande a partir do projeto de mapeamento da ‘Rede Socioassistencial 2017/2018’. O Guia de Serviços é um documento que proporciona à sociedade de Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento o acesso à informação potencializando o controle social e alcance aos serviços pela população.

A cartilha oferece informações rápidas e práticas sobre o conjunto de serviços da Rede de Atendimento e contém a caracterização do equipamento, endereço, telefone e horário de funcionamento. O material também será trabalhado pela Rede Protege que agrega Ministério Público, Rede de Territórios Educativos, projeto Fortalecer e com a participação de toda a rede de atendimento a infância e adolescência de Várzea Grande.

A partir deste mês a Rede dará início as oficinas que vão abordar temáticas voltadas a violência e violação de direitos da criança e adolescente. O promotor de Justiça da Infância e Juventude e Várzea Grande, José Mariano de Almeida Neto, explicou que todos os trabalhos são definidos em conjunto com a Rede de atendimento. “O objetivo é estabelecer e pactuar fluxos e protocolos de atendimento ao público no município”, pontuou.

A solenidade de lançamento dos trabalhos da Rede e do Guia de Serviços contou com a apresentação cultural do coral infanto juvenil – Acamis e Cenprhe. O procurador de Justiça Paulo Roberto Jorge do Prado proferiu palestra sobre a “Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente” e emocionou o público com mensagens edificantes sobre a necessidade do amor ao próximo.

Um “Diagnóstico da rede de atendimento à infância e juventude de Várzea Grande”, também foi apresentado pela assistente social da Promotoria de Justiça de Várzea Grande, Annelyse Cristine Cândido. O procurador-geral de Justiça, Mauro Benedito Pouso Curvo, elogiou a iniciativa desenvolvida em Várzea Grande e destacou a necessidade do projeto ser levado aos demais municípios do Estado. Na oportunidade, Curvo também destacou o projeto Fortalecer que há 15 anos é desenvolvido no município resgatando crianças e adolescentes da evasão escolar.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114