» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Quinta, 07 de junho de 2018, 12h56

Fórum de Cuiabá celebra Dia do Meio Ambiente


.

O Fórum de Cuiabá comemorou o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) com diversas atividades na tarde de terça-feira, no hall de entrada. A programação incluiu uma exposição sustentável de produtos fabricados com materiais retornáveis, divulgação de vídeos sobre sustentabilidade, apresentação do grupo teatral Fé/Amor/Alegria/Ode e distribuição de mudas de árvores cedidas pelo Juizado Especial Volante Ambiental (Juvam). A iniciativa foi do Núcleo de Sustentabilidade do Tribunal de Justiça DE Mato Grosso em parceria com a Diretoria do Fórum.

As ações foram desenvolvidas das 12h às 18h e o evento foi aberto pela diretora-geral do TJMT, Claudenice Deijany F. de Costa. Na ocasião, representando o presidente do TJMT, desembargador Rui Ramos Ribeiro, ela ressaltou o magistrado, assim como toda a administração, inclusive daquele fórum, está atento à importância do desenvolvimento cada vez mais de ações sustentáveis, sabendo que a medida vai além do tripé "ambiental", "econômico" e "social".

“Queridos servidores, sabemos que ações sustentáveis significam preservação da qualidade de vida para a presente e a futura geração, a geração dos nossos filhos e netos e demais descendentes. Devemos nos preocupar e nos movimentar, pois nossos recursos ambientais existentes são finitos e nós precisamos preservá-los para hoje e para o futuro. Quero deixar registrado os meus parabéns à equipe de teatro do TJMT, que leva, com alegria e de forma lúdica, a mensagem de sustentabilidade aos servidores e magistrados!”

A Feira Sustentável ficou aberta à visitação, com exposição e venda de produtos feitos com materiais reutilizados, fabricados por artesãos locais. Dona Liraci Gomes de Araújo, de 75 anos, foi uma das expositoras. Ela conta que, além de seus produtos, levou para a feira a missão de “mostrar para as pessoas que é possível viver com a realização do trabalho feito com material sustentável”. A artesã produz anéis e colares de sementes, chifres e ossosde animais, desde os 10 anos de idade.

Já a artesã Kathia Ataya Mansur Bumlai expôs artigos de decoração elaborados por meio da fundição de vidros de garrafa, ofício realizado desde 1989. “É maravilhoso para poder mostrar o meu trabalho artístico, que é feito com vidros que são jogados fora. As pessoas ficam mais curiosas e atentas ao reaproveitamento dos materiais quando observam o objeto pronto”, argumentou.

Paralelo à exposição, o grupo teatral Fé/Amor/Alegria/Ode chamou a atenção do público para o tema com uma atuação diferente. A representante do Núcleo Socioambiental e participante do grupo, Ana Carolina da Cunha Ferreira, explicou que a apresentação buscou conscientizar o público participante de forma lúdica, interativa e com alegria, partindo dos princípios da responsabilidade ambiental presentes no Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Após o teatro, mudas de árvores frutíferas e não frutíferas cedidas pelo Juvam foram distribuídas para os servidores e público externo. “É um gesto simples que demonstra a preocupação que todos devemos ter com a questão ambiental, principalmente em relação à arborização urbana”, explicou Alexandre Corbelino, conciliador do Juvam. Ele ainda citou a execução do projeto Verde Novo, que busca o plantio de 300 mil árvores em virtude ao aniversário de 300 anos de Cuiabá.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114