» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Quinta, 04 de outubro de 2018, 09h57

Presidente do TJMT se reúne com servidores de Vila Rica


.

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Rui Ramos Ribeiro, desembarcou em Vila Rica (1.259km a nordeste de Cuiabá) na manhã desta quarta-feira (03) para informar a sociedade das medidas de segurança tomadas após o atentado ao juiz Carlos Eduardo de Moraes. O representante do Poder Judiciário tranquilizou os servidores, magistrados, operadores do direito e público em geral sobre a proteção do Fórum.

Rui Ramos Ribeiro lamentou o ocorrido e explicou que as medidas de segurança foram tomadas. “Foi uma reunião para levar considerações aos colegas e aos advogados e servidores. Fui pessoalmente para acompanhar o ocorrido e me inteirar melhor sobre os fatos e tranquilizar os servidores. Temos um monitoramento pelas câmeras 24h/dia da sede do TJMT. Qualquer anomalia é identificada e encaminhada imediatamente a PM para tomada de providencias”, ponderou o presidente.

 

Durante a visita, o presidente comentou que além dos 20 detectores de metal, que já foram adquiridos, outros 60 devem ser enviados às comarcas ainda este ano. “Graças a Deus nada de pior aconteceu e não perdemos o juiz Carlos Eduardo. Este é um exemplo de cidadão, exemplo de magistrado que está comprometido profundamente com o Poder Judiciário”, comentou.

 

O promotor Eduardo Antônio Ferreira Zaque agradeceu a preocupação do desembargador e explicou que todos devem envidar forças para dar segurança na atuação dos operadores do direito. “Devemos evitar que situações como essa aconteçam novamente. Agradeço primeiro a Deus, ao juiz Carlos, e a todas as nossas instituições que estão dando condições para voltarmos ao trabalho. Também não posso esquecer de agradecer à pronta atuação da Polícia Militar e da Civil, que não mediram esforços para nos proteger ali na sala”, pontou.

 

A gestora-geral do fórum, Marciani Gandolfi, apontou as preocupações de todos os servidores e agradeceu a presença do presidente. “Entendo que foi de suma importância o desembargador ter feito o acompanhamento do magistrado até a Comarca. Tendo em vista que na mesma oportunidade conheceu a real situação do ocorrido, e de forma verbal, informou ainda a respeito das providências que estão sendo tomadas em relação à segurança de todas as Comarcas”, apontou.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114