» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Quarta, 10 de outubro de 2018, 21h25

De TV a imóveis, TJ realizada terceiro leilão de 2018 no dia 18 outubro


 

A comarca de Cuiabá realizou ontem, 9, o terceiro leilão de 2018 para venda de bens móveis e imóveis. No próximo dia 18 de outubro quinta-feira, com início às 14h, no auditório Antônio Elisandra, no bairro Goiabeiras, a segunda etapa.

O leilão é destinado à alienação dos bens oriundos de penhoras em execuções, processos criminais e da administração pública. Confira o edital. Clique AQUI.


Os imóveis urbanos e rurais e os bens móveis, como veículos e objetos diversos, serão leiloados em 136 lotes. Conforme o regulamento (Clique AQUI), os bens que se encontram armazenados no depósito do Fórum poderão ser examinados ainda no dia 17 de outubro, das 14h às 17h.

Leilão - Anunciados um a um, indicando-se o valor da avaliação, os bens poderão receber lances de “viva voz” no próprio local do leilão ou pela internet, mediante cadastro prévio, por meio do site utilizado pela leiloeira oficial Luzinete Mussa de Moraes Pereira. Clique AQUI.

É importante frisar que os lances ofertados serão irretratáveis, que em primeira praça somente serão aceitos lances a partir do valor da avaliação judicial e que, não havendo lances em primeira praça, serão aceitos lances em segunda praça com valores a partir de 50% da avaliação, com exceção de veículos alienados para os quais serão aceitos lances a partir de 80%.

De acordo com o regulamento, o arrematante presente no leilão “deverá entregar ao leiloeiro, no ato da arrematação, a título de sinal/caução, cheque no valor equivalente a 25% (vinte e cinco por cento) do lance ofertado, além de outro no valor equivalente a 5% (cinco por cento) da comissão devida à leiloeira, quais serão apresentados a depósito em caso de inadimplemento do lote”.

Serviço - O leilão será realizado no auditório Antônio Elisandra, localizado na Avenida São Sebastião, n°1447, bairro Goiabeiras, e poderá também ser acompanhado pela internet.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114