» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Sexta, 08 de março de 2019, 13h22

Comarca de Cuiabá oferecerá acesso a wi-fi para visitantes


A partir da próxima sexta-feira (15 de março), os operadores de direito e também a população que frequenta as unidades judiciárias de Cuiabá vão contar com a utilização de internet sem fio gratuitamente. Em um tempo em que cada vez mais as pessoas resolvem tudo por meio de um celular, a medida busca facilitar o acesso aos serviços oferecidos pelo Poder Judiciário.

Diariamente, cerca de quatro mil pessoas passam pelo Fórum de Cuiabá. Segundo o juiz-diretor do fórum, Luis Aparecido Bortolussi Júnior, a ideia é melhorar a experiência daqueles que visitam a unidade. “Cada vez mais a gente quer melhorar a qualidade de vida de todos que transitam nas dependências do Fórum de Cuiabá. Nós sabemos as dificuldades dos sinais de internet na cidade e queremos dar possibilidade dos usuários acessarem não só serviços, mas também seus próprios e-mails. Hoje todos fazem tudo pelo celular e sabemos que muitas vezes as pessoas não encontram torre para usar sua internet particular.”

Além do Fórum Desembargador José Vidal, a rede sem fio estará disponível também nos Juizados da Capital, que servem de piloto para a implantação do projeto. Segundo o gerente de Conectividade da Coordenadoria de Tecnologia de Informação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (CTI-TJMT), Amarildo Gonçalo da Silva, até o início de abril de 2019, 86 unidades judiciárias do Estado (fóruns, juizados e Tribunal de Justiça de Mato Grosso) já oferecerão wi-fi aos visitantes.

“A partir do dia 15, além do funcionamento do wi-fi no Fórum da Capital, estaremos entregando para a unidade os acessos, como, por exemplo, instruções sobre como fazer cadastro para acessar a rede de internet sem fio. Nas demais comarcas já entregamos os equipamentos de wi-fi e agora estamos fazendo a configuração do ponto de acesso e a instalação da infraestrutura. O cronograma é que até o início de abril todas as unidades do Estado estejam ofertando internet sem fio para os visitantes e operadores de Direito”, explica Amarildo Silva.

Amarildo destaca ainda que os aparelhos utilizados para a entrega são de extrema qualidade, sendo o melhor que existe no mercado. “Com isso, conseguiremos alcançar grande perímetro com menos equipamentos. Nós já fizemos os testes survey para obter dados e características de qual o melhor local para colocar os aparelhos e eles possam abranger todas as unidades corretamente”, destaca.

O projeto atende ao plano de 100 dias da gestão 2019/2020, administrada pelos desembargadores Carlos Alberto Alves da Rocha (presidente), Maria Helena Gargaglione Póvoas (vice-presidente) e Luiz Ferreira (corregedor-geral da Justiça).
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114