» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Quinta, 09 de novembro de 2017, 21h34

Divulgado resultado da 1ª fase de projeto de combate à corrupção


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE) e a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) divulgam o resultado da 1ª fase do projeto "Onde há educação, a corrupção não tem vez - 2017", que fomenta boas práticas entre os estudantes de escolas públicas da Grande Cuiabá. As melhores escolas e os alunos com as melhores práticas serão premiados.

Nesta etapa, seis alunos representantes de cada uma das 23 escolas que participaram da iniciativa produziram uma redação, de no mínimo sete e máximo de 60 linhas, acerca da temática da corrupção.

Cinco escolas estaduais e cinco escolas municipais se classificaram para participar da próxima etapa, quando os alunos deverão produzir um discurso e um trabalho artístico como teatro, música, dança e entre outros para debater sobre o combate a corrupção.

No próximo dia 1º de dezembro, os estudantes das escolas estaduais Jaime Verissimo de Campos Jr, Governado Julio Muller, Liceu Cuiabano, Dione Augusta e Porfiria Paula de Campos e das escolas municipais Elza Luíza Esteves, Senador Darcy Ribeiro, Tenente Abílio da Silva Moraes, Gonçalo de Campos e Dirce Leite de Campos realizarão as apresentações que definirá o vencedor do projeto.

A comissão avaliadora será composta por três jurados, entre eles, promotores de Justiça. A escola campeã receberá um prêmio no valor mil reais e os seis alunos representantes, juntamente com e professor orientador, receberão tablets.

Concurso

A disputa sadia entre 23 escolas de Cuiabá e Várzea Grande prevê instigar os jovens a se tornarem cidadãos melhores e entenderem o seu papel na sociedade. O concurso ocorrerá em duas categorias – municipal e estadual –, respeitando a faixa etária dos alunos participantes.

Cada uma das unidades escolas definiu seis alunos para representar a unidade na disputa que conta com três fases.

A primeira avaliação, que tinha caráter eliminatório, era uma redação – que obrigatoriamente deveria conter título, introdução, desenvolvimento e conclusão, com o tema de combate à corrupção.

A segunda fase da disputa é o projeto de artes de forma livre, que pode ser desenvolvido por meio de todas as vertentes artísticas, como poesia, dança, teatro, música, documentários, entre outros.

Já a terceira e última etapa será em formato de discurso, que será entregue à comissão organizadora e apresentado à população.

O projeto é fruto de uma iniciativa do MPE em parceria com a Seduc e conta com o apoio das as secretarias municipais de Educação de Cuiabá e Várzea Grande.

Acompanhe os resultados Aqui.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114