» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Segunda, 11 de dezembro de 2017, 16h21

Inscrições para o Concurso da Marinha 2018 vão até sexta-feira


A Marinha do Brasil é uma das instituições mais antigas e renomadas do país. Por mais que ela só tenha sido fundada em 1822, quando ainda era chamada de Armada Nacional, já havia um órgão com função semelhante desde os tempos do Brasil colônia: a Secretaria D'Estado dos Negócios da Marinha.

Hoje chamada de Marinha do Brasil, sua missão é preparar e empregar o Poder Naval e contribuir para a defesa do país. Devido ao seu longo histórico de instituição respeitável e aos benefícios oferecidos pela carreira militar, a Marinha atrai cada vez mais o interesse de candidatos como de resto todos os concursos militares.

Assim como nos demais órgãos total ou parcialmente administrados pelo poder público, o ingresso na prestigiosa instituição se dá por meio de certame público. A boa notícia para os interessados em iniciar uma carreira militar é que o primeiro concurso da Marinha 2018 já está com inscrições abertas, para cargos de nível superior e técnico. Não perca tempo!

O concurso da Marinha 2018

O concurso da Marinha 2018 é uma excelente opção para quem quer ter prestígio, estabilidade e uma excelente condição financeira: os salários do edital em aberto começam em R$ 8,9 mil para 645 vagas nas mais diversas áreas do conhecimento.

Se você está interessado, ainda há tempo: as inscrições se encerram no dia 15 de dezembro, e custam R$ 120. As provas escritas acontecem no dia 4 de março, e a previsão para o encerramento da convocação dos aprovados é junho do ano que vem, na posição de 2º Oficial.

Cargos disponibilizados no concurso da Marinha

O primeiro edital para o concurso da Marinha 2018 é para ingressar como oficial com contrato temporário de oito anos, prorrogáveis. Os cargos com maior número de vagas são:

· Informática: 33 vagas, divididas entre diversas áreas de atuação
· Direito: 23 vagas
· Administração: 22 vagas
· Fisioterapia: 22 vagas
· Engenharia mecânica: 17 vagas
· Pedagogia: 17 vagas

Há, também, diversos locais de lotação, espalhados por todo o país. Salvador (BA), Brasília (DF), São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro (capital e interior) são algumas delas.

Sua área de atuação não está incluída neste edital? Não se preocupe: a Marinha já disponibilizou o cronograma de seleções para diversos cargos, em vários níveis, para 2018. No ano que vem, haverá concursos para posições como:

· Escola Naval
· Colégio Naval
· Escola de Aprendizes – Marinheiro
· Corpo de Engenheiros
· Corpo de Saúde
· Capelão
· Quadro técnico

Etapas do concurso da Marinha

Devido às particularidades das Forças Armadas, os processos seletivos para ingressar em seus quadros são diferenciados. A Marinha não é exceção: além da prova escrita, o candidato deve passar pelas seguintes etapas:

· Verificação de dados biográficos: é uma análise de eventuais antecedentes penais do candidato, bem como da conduta moral e social, de modo a verificar a compatibilidade com a carreira militar;
· Verificação documental: é a prova de títulos, na qual os candidatos apresentam documentos que atestam sua experiência de trabalho e o cumprimento das exigências do cargo. É imprescindível apresentar um comprovante de escolaridade (diploma ou, na falta dele, certificado de conclusão);
· Inspeção de saúde: verificação de que o candidato está em condições de saúde – física e mental – que permitam o exercício de suas funções;
· Designação à incorporação: notificação de que o candidato está apto a servir;
· Incorporação: entrada nos quadros da Marinha.

Esclareça outras dúvidas sobre o Concurso da Marinha

Quais disciplinas estudar para o concurso público da Marinha?

Para os candidatos do concurso da Marinha 2018, a boa notícia é que a prova não é longa e abrange apenas duas disciplinas. A avaliação consiste em 25 questões de Língua Portuguesa e outras 25 e Formação Naval-Militar, totalizando 50 perguntas.

O que diz o edital do concurso da Marinha a respeito de tatuagens?

Uma das preocupações de muitos candidatos na hora de concursos públicos são as tatuagens: há relatos de pessoas que, apesar de aprovadas em concurso público, não puderam tomar posse por conta delas.

A respeito do assunto, no ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional barrar candidato aprovado em concurso devido a tatuagens. A exceção é quando o desenho é ofensivo ou faz apologia à violência.

Contudo, as Forças Armadas são instituições conservadoras. Assim, o edital do concurso da Marinha 2018 veda quaisquer tatuagens que fiquem aparentes quando o candidato estiver usando o uniforme de treinamento.

Entretanto, como o STF decidiu o contrário, o candidato aprovado tem o direito de entrar na Justiça e pedir por sua incorporação, mesmo que tenha arte no corpo. Se você tem tatuagens, vá preparado!

Qual é a melhor forma de estudar para o concurso da Marinha?

Concursos públicos normalmente já têm uma concorrência acirrada por natureza. Nos certames das Forças Armadas, o prestígio social e a excelente remuneração atraem ainda mais candidatos! Com a Marinha do Brasil não é diferente, e a relação de candidatos por vaga é sempre muito grande.

Portanto, use tudo o que estiver ao seu alcance para se preparar! O ideal é investir em cursos preparatórios para o concurso da Marinha. Estudar por meio de videoaulas online proporcionam melhores condições de fixar bem o conteúdo.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114