» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sexta, 12 de janeiro de 2018, 12h34

Workshop de História Comparada recebe submissão de trabalhos até dia 5 de fevereiro


Segue aberto até 5 de fevereiro o prazo de submissão de resumos e pagamento da taxa de inscrição para a quarta edição do Workshop Argentino-Brasileiro de História Comparada (IV WAB). O evento, que é promovido pelo Grupo de Estudios de Historia de Brasil y Portugal (GEHBP) e pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Mato Grosso (PPGHis/UFMT) acontece entre 3 e 5 de abril no Câmpus de Cuiabá.
O evento tem entre os seus principais objetivos o reforço das linhas de investigação do GEHBP orientada para os estudos sobre questões e problemas históricos comparativos da Argentina e do Brasil, fortalecer os laços acadêmicos e institucionais entre universidades brasileiras e argentinas, e propor debates que permitam o desenvolvimento de pesquisas.
Além disso, o workshop buscará estreitar esses laços a partir de novas parcerias e intercâmbios com universidades do centro do país. O Estado do Mato Grosso, que sediará o próximo evento, além de possuir uma das maiores fronteiras com países vizinhos da América do Sul, foi muito importante historicamente para as relações diplomáticas, militares, culturais e políticas pra a região do Prata e seus afluentes.
O WAB está estruturado em torno de mesas com apresentações organizadas por eixos temáticos, de forma a promover o diálogo entre os apresentadores e o público. A seleção dos trabalhos será feita pelos membros do GEHBP e da Comissão Organizadora do IV WAB
O espanhol e o português são as línguas oficiais do IV WAB, de modo que o trabalho pode ser escrito e apresentado em qualquer uma dessas línguas.
As inscrições, bem como mais informações, podem ser acessadas no site do evento ou pelo e-mail ivwab2018@gmail.com.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114