» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sexta, 13 de abril de 2018, 16h34

Criação da Universidade Federal de Rondonópolis será debatida nesta sexta-feira (13)


O Senado Federal, em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Câmara Municipal de Rondonópolis e Comitê Pró-UFR promovem nesta sexta-feira (13) uma audiência pública para debater a implantação e gestão da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). O evento acontece a partir das 19h no Caiçara Tênis Clube, em Rondonópolis, e contará com a presença do vice-reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) no exercício da reitoria, professor Evandro Soares, e da Pró-Reitora do Câmpus, professora Analy Polizel.

Segundo a Pró-Reitora do Câmpus de Rondonópolis, a audiência pública será a oportunidade para discutir a expansão e os eixos estratégicos da implantação da UFR. “Assim teremos a consolidação da proposta da UFR com êxito, garantindo a integração dos diferentes entes da sociedade. O objetivo é reunir conhecimentos e forças para a implantação da Universidade”, ressalta a professorab Analy Polizel.

A UFR foi criada pela sanção da Lei 13.637, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 21 de março, a partir do desmembramento do Câmpus de Rondonópolis da UFMT. A audiência pública também contará com a participação dos ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi; dos Transportes, Portos e Aviação, Valter Casimiro Silveira; do secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação, Paulo Barone; do reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), professor Ricardo Marcelo Fonseca; da reitora da Universidade de Brasília, professora Márcia Abrahão Moura; da representante do Comitê Pró-Universidade Federal de Rondonópolis, professora Lindalva Maria Novais Garske; e representantes da sociedade civil, da UFMT, parlamentares, autoridades federais, estaduais e municipais.

O evento poderá ser acompanhado pelo site do Senado Federal.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114