Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Quarta, 09 de maio de 2018, 15h56

Alunos da Unic Pantanal visitam o TJMT


Tony Ribeiro
.

O Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT), recebeu nesta terça-feira (8 de maio) os alunos do 1º, 9º e 10º semestre de Direito da Universidade de Cuiabá (Unic) – Campus Pantanal. A visita faz parte do projeto Nosso Judiciário, do Poder Judiciário de Mato Grosso (PJMT), que visa aproximar a população mato-grossense da Justiça do Estado.

Os alunos participaram de uma sessão de julgamento da Segunda Câmara de Direito Privado e puderam vislumbrar um pouco do cotidiano da prestação jurisdicional do TJMT, além da estrutura da sede do Poder Judiciário. Ao fim do tour os estudantes conheceram o Espaço Memória e foram recepcionados pelo desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, que conversou com os alunos sobre a importância dos profissionais da área jurídica.

Após as palavras de incentivos do desembargador os universitários receberam do magistrado o glossário jurídico, uma publicação com expressões e termos utilizados na linguagem jurídica para ajudar os alunos a se familiarizarem com o ambiente do Direito.

Segundo o desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, o Nosso Judiciário é uma excelente oportunidade de mostrar à sociedade o que de fato é o Poder Judiciário. O magistrado destacou que conversar com os alunos o fez retornar ao ano de 1996, quando foi iniciado o projeto pelos juízes dos juizados especiais. “Nós tratávamos naquela época com pessoas mais carentes, que não tinham conhecimento do que eram seus direitos, do que elas poderiam requerer. E hoje, esse projeto aprimorado traz ao TJMT os alunos de universidades, podendo assim motiva-los e ajuda-los no caminho a percorrer na escolha profissional. Agora, isso também comprova toda a transparência que o TJMT tem demonstrado ao longo dos anos.”

O estudante do 1º semestre de Direito da Unic Pantanal, José Guilherme Brizolla, destaca que a carreira jurídica exige muita dedicação e estudo, pois a concorrência é cada vez mais acirrada pela quantidade de profissionais no mercado. Ele afirma que essa experiência já no início do curso é significativa. “É algo muito gratificante conhecer a área que eu vou atuar no futuro e saber como funciona na prática tudo o que estou aprendendo em sala de aula. Não só na área de petição, mas na magistratura em si. Eu quero advogar até completar o tempo necessário para atuar como juiz”.

Para a universitária do 1º semestre de Direito da Unic Pantanal, Daiany Lima Neves, a experiência trouxe ainda mais certeza na sua escolha profissional. “É muito importante estar de fato inserida no ambiente e ver a sustentação do outro lado, sem que seja na teoria. Aqui no TJMT é algo concreto. Além de ser aberto ao público, o que é muito legal. As pessoas às vezes pensam que não podem acompanhar as sessões, mas elas podem, sim, exceto em casos específicos.”

De acordo com o coordenador de estágio do Núcleo de Práticas Jurídicas da Unic Pantanal, Leopoldo Godinho, alguns alunos ficaram abrilhantados com a sustentação oral dos advogados no julgamento acompanhado pelas turmas. “Essa participação dos estudantes na sessão trouxe uma experiência de como se portar frente a tribuna e o colegiado, em um caso de recurso. E isso mostra como o Tribunal está acessível, de forma transparente à sociedade.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114