Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Terça, 15 de maio de 2018, 15h28

Inscrições para 54 cursos em EAD da Senasp estão abertas


As inscrições para 54 cursos da Rede Nacional de Educação a Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) estão abertas e vão ocorrer em duas etapas, sendo a primeira até 20 de maio e a segunda de 21 a 23 deste mês.

Todos os servidores da ativa da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Politec, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Sistema Prisional podem se inscrever, de graça, pelo endereço http://portal.ead.senasp.gov.br/.

As vagas são limitas e entre as opções de cursos estão: espanhol, inglês, investigação criminal, crimes cibernéticos, análise criminal, balística forense aplicada, libras, mediação de conflitos, segurança pública sem homofobia, polícia comunitária II, policiamento comunitário escolar, enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes e prevenção e enfrentamento à tortura.

De acordo com o site da Senasp, servidores administrativos, contratados e terceirizados das instituições: Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Bombeiro Militar, Guardas Municipais, Profissionais de Perícia e Servidores do Sistema Prisional, podem solicitar inscrição somente em cursos de caráter de natureza administrativa. Essa restrição é automática e só aparecerá para os alunos a lista de cursos disponíveis.

As capacitações disponíveis no ciclo 43 têm duração de 40 ou 60 horas. As aulas dos cursos com 40 horas iniciam dia 19 de junho e vão até 24 de julho. As de 60 horas de duração vão de 19 de junho a 07 de agosto. Para cada curso concluído como aprovado será fornecido certificado emitido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114