Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sexta, 08 de junho de 2018, 07h59

UFMT de Rondonópolis recebe lançamento de três livros do Departamento de História


O Auditório Central da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Câmpus de Rondonópolis, recebe, na próxima terça-feira (12), a partir das 19h30, o lançamento de três livros de professores do Departamento de História. São eles Paixão da Alma: O suicídio de cativos em Cuiabá (1864-1888); Memórias Kilombolas: Os kilombos angolanos nos quilombos do Brasil e Nova História de Mato Grosso.

Paixão da Alma, livro do professor Bruno Rodrigues, aborda o suicídio de escravos na Cuiabá da segunda metade do século XIX. Em três capítulos, sua obra explora a morte voluntária como um fênomeno, sua história e, por fim, uma análise de casos de suicídio reais, com especial atenção a Antonio Pereira do Lago, cativo que, antes de optar pela morte voluntária, escreveu uma carta.

Memórias Kilombolas, da professora Amélia Alves, aborda o comércio transatlântico de escravos, principalmente no que tange às relações entre Brasil e Angola e traz a tona diversos sujeitos e processos históricos, como Sobas (chefes africanos), administradores portugueses, a política de alianças, conflitos em torno da produção de cativos, a demografia do comércio durante o século XVIII e a elevada mortalidade cativa dentro dos navios negreiros.

Nova História de Mato Grosso é uma coletânea que reúne numerosas contribuições sobre os mais diferentes temas. Nela é possível encontrar capítulos que abordam, por exemplo, as navegações na Bacia do Prata, Igreja Católica, Protestantismo, conflitos entre indígenas bororos, fazendeiros e garimpeiros, divisão do Estado de Mato Grosso, Políticas de ocupação do Estado, entre outros. Os professores Vitale Joanoni e Cândido Rodrigues foram organizadores da obra e a professora Beatriz Feitosa contribuiu com um capítulo.

O livro é fruto da parceria realizada entre o Programa de Pós-Graduação em História da UFMT e a Universidade de Buenos Aires (UBA) em um evento internacional ocorrido em 2018.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114