Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sábado, 09 de junho de 2018, 06h53

Últimos dias para se inscrever em curso de atendimento pré-hospitalar


Domingo (10) é o último dia para se inscrever na quarta edição do Curso em Atendimento Pré-Hospitalar (APH), promovido pelo Programa em Educação Tutorial (PET) Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) com facilitadores do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, voltado para estudantes dos cursos da área de saúde e afins, assim como para demais áreas de interesse.

A carga horária e certificação são de 30 horas, divididas em aulas teóricas e práticas. As inscrições terminam no domingo (10), sendo efetuadas na página da Fundação Uniselva. As aulas ocorrem nos dias 18, 20, 22, 25, 27 e 29 de junho, das 18h às 22h, no Bloco Didático I (próximo à Faculdade de Direito).

A atenção ao atendimento pré-hospitalar tem alcançado importância entre os profissionais da saúde e da comunidade em geral. Uma vez que a vítima seja atendida de forma correta e todas as precauções devidamente tomadas pelos socorristas, a possibilidade de sobrevida aumenta potencialmente. O objetivo do curso é capacitar os estudantes participantes para que sejam posteriormente monitores e multiplicadores destes conhecimentos para outros acadêmicos, profissionais e comunidade em geral.

O conteúdo programático aborda temas como “Recursos técnicos de suporte básico à vida”, “Lesão craniana por trauma”, “Biomecânica e Cinética do Trauma”, “Choques e Queimaduras”, “Toxicologia” e “Afogamento”, entre outros.

Mais informações pelo e-mail petmedicina.ufmt@gmail.com e pela página do PET Medicina.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114