Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Terça, 12 de junho de 2018, 12h25

Educação promove capacitação sobre estudos para Base Nacional Comum Curricular


A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer promoveu na tarde de sexta-feira, dia 9, no Anexo da Educação, capacitação com coordenadores e diretores das unidades de ensino, sobre estudos para a elaboração da proposta da Base Nacional Comum Curricular.

O evento contou com a participação da diretora do Instituto Inspirare , Anna Penido, que proferiu palestra sobre as competências gerais que orientam a Base Nacional Curricular. Sobre o tema também foi apresentado 10 competências gerais que devem ser desenvolvidas de forma integrada aos componentes curriculares, ao longo de toda a educação básica. As competências foram definidas pela Base Nacional a partir dos direitos éticos, estéticos e políticos assegurados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores essenciais para a vida no século 21.

No documento Base, as competências gerais se baseiam em: 1- Conhecimento, para valorizar e utilizar esse conhecimento sobre o mundo físico, social, cultural e digital; 2- Pensamento Científico, Crítico e Criativo para exercitar a curiosidade intelectual; 3- Repertório Cultural, para valorizar as diversas manifestações artísticas; 4- Comunicação, utilizando as diferentes linguagens; 5- Cultura Digital, para compreender e utilizar as diversas tecnologias; 6- Trabalho e Projeto de Vida, para valorizar e apropriar de conhecimento e experiências; 7- Argumentação, para defender com base em fatos, informações confiáveis; 8- Autoconhecimento e autocuidado, para compreender a diversidade humana; 9- Empatia e Cooperação; e 10- Responsabilidade e Cidadania.

Segundo a palestrante, as competências gerais da Base quando implementadas nas escolas têm o propósito de contribuir para a construção de uma sociedade mais ética, responsável, inclusiva, sustentável e solidária, que respeite e promova a diversidade e os direitos humanos, sem preconceitos de qualquer natureza.

Para o secretário Silvio Fidelis, a capacitação é uma forma de valorizar a equipe da Educação municipal e elevar o nível dos estudos e debates sobre a elaboração da Base Nacional Comum Curricular em Várzea Grande.

De acordo com Fidelis, a Base tem caráter normativo, define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica. “A Base Nacional Curricular tem a missão de definir com mais clareza o que cada aluno tem o direito de aprender e desenvolver ao longo da sua trajetória escolar. Essas definições vão orientar melhor o trabalho de escolas e educadores, bem como as expectativas de estudantes e familiares. Ao cumprir essa função, a Base vai contribuir de forma significativa para garantir mais qualidade e equidade à educação brasileira. Para tanto, é importante definirmos que ser humano queremos formar e construirmos uma proposta formativa que faça sentido para os próprios estudantes e para o nosso país. Isso significa que as áreas do conhecimento e os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento devem estar articulados em torno de uma formação mais integral e conectados com os desafios da sociedade atual” afirmou.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114