» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Terça, 03 de julho de 2018, 17h11

Várzea Grande empossa 355 novos servidores aprovados em concurso público


.

A Prefeitura de Várzea Grande já convocou e empossou 861 novos servidores públicos municipais em diversas áreas que foram aprovados no Concurso Público realizado no primeiro trimestre deste ano, dando assim validade ao princípio constitucional do ingresso no Poder Público.

A volta às aulas na educação municipal de Várzea Grande terá caras novas nesse segundo semestre do ano letivo, dessa vez os novatos são servidores e não alunos. Hoje (3), 355 concursados foram empossados, sendo mais de 200 deles para o cargo de professor. A Educação é a secretaria que mais empossou novos servidores, aproximadamente 605, dos mais de 800 que já foram chamados pelo Município após êxito no concurso público realizado nos meses de fevereiro e março desse ano.

A posse foi realizada na manhã de hoje, no Centro de Eventos do Hotel Hitz, em Várzea Grande, pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, o vice-prefeito, José Hazama e pelo secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Sílvio Fidelis.

A solenidade reuniu não apenas os empossados, como também, familiares e amigos, que vieram comemorar a conquista de cada concursado. Entre os recém-chegados estavam a pedagoga Camila Pereira Neves, aprovada em primeiro lugar para o cargo de professor. Ela, que mora no Município, possui títulos de mestrado e doutorado pela Universidade Federal do Estado de Mato Grosso (UFMT). “Acredito que trago para o ensino municipal da minha cidade conhecimento para contribuir com o padrão de excelência que a prefeita Lucimar busca, juntamente com todos os servidores dessa pasta”.

Os empossados – professores, motoristas, vigilantes e técnicos de desenvolvimento infantil - vão integrar uma secretaria que conta com 3,8 mil servidores, 26 mil alunos e 81 unidades entre escolas urbanas e do campo e creches.

“Tenho certeza que todos os nossos novos servidores vão contribuir com nossa busca pela excelência, porque melhorar a educação já estamos fazendo desde maio de 2015 quando assumi o cargo. A excelência será o resultado concreto de todas as ações que estamos implementando, desde reformas, construções, capacitação de pessoal e posse de novos profissionais. Não tenho duvidas de que tudo nos levará a um novo momento no ensino e na aprendizagem das crianças que estão na rede pública municipal”, destacou a prefeita Lucimar.

Aos empossados, a prefeita fez questão de fazer um breve panorama da sua gestão, reforçando que dos recursos próprios, 30% são aplicados na Educação, ante uma determinação constitucional de pelo menos 25%. Para seus quatro anos de mandato, 16 novos centros de educação infantil, as creches, serão construídos e entregues em bairros distante do Centro da cidade, ação que abre 5 mil novas vagas nessa faixa etária. “Ao todo, temos ate 2018, cerca de R$ 1 bilhão investidos em obras de infraestrutura,educação e saúde, o que representa 70 frentes de trabalho”detalhou Lucimar Campos.

Ainda em sua fala, a prefeita fez questão de falar sobre a saúde financeira do Instituto de Previdência municipal, que atingiu o ponto de equilíbrio financeiro e operacional, após ajustes aplicados nos últimos anos. “Temos R$ 250 milhões aplicados, e hoje pagamos nossos aposentados e pensionistas apenas com os juros desse capital, ou seja, com seus rendimentos, sem mexer no recurso principal”.

O secretário de Educação, Silvio Fidelis, lembrou que todas as categorias de profissionais já tiveram seus primeiros colocados do concurso, empossados nos últimos meses. “Nossa educação vem revolucionando o sistema público municipal porque é feita com seriedade e dedicação, e com ações voltadas às comunidades que são sede de cada unidade escolar. O concurso público só adicionou profissionais capacitados à Pasta e que vão potencializar os resultados que já estamos conquistando. Porque as crianças são as que mais ganham com esse esforço coletivo pela excelência de ensino”.

Da Bahia, a professora Mônica Mendonsa, foi uma das empossadas. Como contou, ela veio primeiro e está se instalando aqui na cidade. “Enquanto me estabeleço, planejo a vinda da minha família. Seremos novos várzea-grandenses a partir desse ano”.

Paulo Roberto Bernardes, aprovado e empossado para o cargo de vigilante, conta que essa foi a primeira vez que prestou um concurso público e que a posse de hoje o tira de mais de dois anos de desemprego. “Foram dias difíceis, mas que em julho chegaram ao fim. Acho que minha esposa está mais feliz do que eu”.

A mudança também está acontecendo para Claudia Marques, estudante de pedagogia. Ela que acabou de vencer a luta contra o câncer, estava há quatro anos como contratada na secretaria de Saúde. “Aprendi muito nesses anos, lutei pela vida e retomei os estudos. Sai da condição vulnerável de contratada para ser, agora, servidora da Educação”. Ela foi aprovada para o cargo de Técnica de Desenvolvimento Infantil, auxiliando os professores dentro da sala de aula.

O secretário de Administração, Pablo Pereira, explica que as posses estão sendo planejadas e feitas de forma paulatina. “Acabamos de realizar o maior concurso público de Várzea Grande, que ofertou mais de 2.600 vagas. Estamos na terceira etapa de posses, priorizando os aprovados na Educação e na Saúde”. Como explicou, no caso da Educação, estamos substituindo os contratados pelos concursados dentro do que estabelece a legislação. O concurso público tem validade de dois anos, prorrogáveis por mais dois anos, mas ele acredita que não serão necessários esgotar todos os prazos.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114