» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Quarta, 04 de julho de 2018, 09h45

Academia Mato-Grossense de Letras receberá incentivo de R$ 300 mil


Christiano Antonucci
.

O Governo do Estado celebrou, na tarde desta terça-feira (03.07), por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), um convênio com a Academia Mato-grossense de Letras para o repasse de R$ 300 mil reais durante seis meses, sendo R$ 50 mil ao mês, para manter a entidade e auxiliar nas ações de incentivo à leitura.

Segundo o governador Pedro Taques, o desejo sempre foi de ajudar a Academia, por saber que haverá retorno para a sociedade. Ele ressalta a importância da preservação da história e do papel da cultura como irmã da educação.

“É importante preservar a nossa história, que ajuda a contar como chegamos onde estamos. É um auxilio que reflete em toda a comunidade, para tocar seus projetos, patrocinar oficinas e palestras. Devolvemos forças para a Casa, que é a guardiã das nossas letras, para que continue dando para nós o seu serviço de referência”, complementa.

Segundo o presidente da AML, Sebastião Carlos Gomes de Carvalho, o recurso é muito bem vindo, principalmente porque a entidade sobrevive, atualmente, praticamente da doação de seus membros. Ele ressalta que será essencial para o custeio básico da entidade e fomento de atividades.

“Recebemos muito bem o convênio, sobretudo quando se tem tão pouco. Esta parceria planta uma semente para trabalhos futuros”, avalia.

Conforme o secretário de Estado de Cultura, Gilberto Nasser, esta é a primeira vez que um Governo dá apoio oficial para a Academia Mato-Grossense de Letras. “É um dia muito feliz para a área da literatura que passa a ser enxergada pelo poder público e ter dignidade para continuar o trabalho de guardiã da nossa tradição literária”, ressalta.

Avanços na cultura

Entre os principais projetos que alavancaram a cultura do Estado nos últimos anos, estão a criação da MT Escola de Teatro, que transformou o Cine Teatro Cuiabá em uma escola gratuita para os mato-grossenses; o Prêmio de Literatura, que contemplou 20 ganhadores em duas edições; a 32º Bienal de São Paulo que levou a arte a estudantes de escolas públicas da Capital; e ainda a revitalização de espaços como o Cine Teatro Cuiabá, o Museu de História Natural Casa Dom Aquino entre outros equipamentos culturais.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114