» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Quinta, 05 de julho de 2018, 18h57

Segunda edição do Curso de Gestantes`do Hospital Santa Rosa


.

Boa parte do tempo livre das futuras mamães, em especial das primigestas [mulheres em sua primeira gestação], é consumido enquanto buscam novos conhecimentos. Isto, na tentativa de desempenharem ainda melhor esse papel repleto de responsabilidade – que é o de gerar e cuidar de outra vida. Tanto que, neste sábado (7.07), o Hospital Santa Rosa irá realizar a segunda edição do "Curso para Gestantes", a partir das 8h, em seu auditório.

O evento visa promover a troca de informações sobre assuntos que permeiam o cotidiano das futuras mamães, bem como dos futuros papais. A iniciativa faz parte das atividades do Projeto Parto Adequado, que tem como objetivo reduzir as altas taxas de intervenções desnecessárias no país e desmistificar o parto normal. O Santa Rosa aderiu à segunda fase do projeto em 2017 e é acompanhado por um 'hospital padrinho', o Nipo-Brasileiro, de São Paulo.

 

Na ocasião, uma equipe multiprofissional irá abordar temas relacionados à gravidez, parto, pós-parto e primeiros cuidados com o bebê. Entre eles, as modificações no organismo materno na gravidez e pré-natal; os diferentes tipos de parto [cesárea e via vaginal]; a preparação, fisioterapia e assistência ao parto normal [métodos não-farmacológicos de alívio de dor e apoio psicológico]; a analgesia de parto e anestesia para parto cesárea; bem como amamentação e cuidados com o recém-nascido.

 

O Projeto Parto Adequado é desenvolvido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o Hospital Israelita Albert Einstein e o Institute for Healthcare Improvement (IHI), com apoio do Ministério da Saúde. Vale destacar que o número de vagas – limitadas – do 2º Curso de Gestantes do Santa Rosa foi ampliado de 30 para 50 participantes. A entrada será um pacote de fraldas pediátricas para doação. Novas edições estão programadas para este ano.

 

ACREDITAÇÃO – Ao completar 20 anos, o Santa Rosa é o único hospital de Mato Grosso certificado pela Acreditação Canadense, nível Diamond – uma das principais certificações de qualidade em saúde no mundo. A instituição também é certificada em Excelência, Nível III, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e em Nível 6 da EMR Adoption Model (EMRAM) pela Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) Analytics.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114