» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Domingo, 30 de dezembro de 2018, 07h36

Universidade do Amazonas terá novo bloco para Comunicação


O ministro da Educação, Rossieli Soares, inaugurou na sexta-feira, 28, em Manaus, o bloco Erasmo do Amaral Linhares da Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O dia também foi de reconhecer o trabalho de profissionais que se dedicam a melhorar a educação no país, com a entrega da Medalha da Ordem Nacional do Mérito Nacional Educativo 2018.

“A comunicação tem que se reinventar porque agora não é mais apenas TV, rádio e jornal”, disse o ministro. “Cada vez mais é importante formar profissionais que saibam trabalhar com ética, para evitar esse manancial de fake news. Precisamos de lugares seguros para encontrar as informações necessárias”, ressaltou Rossieli.

Para viabilizar a construção do bloco, foram investidos R$ 3.522.341,59. As obras tiveram início em dezembro de 2016 e foram concluídas em julho deste ano. São 2,2 mil metros quadrados de área construída.

Se referindo aos professores presentes no evento, o reitor da Ufam, Sylvio Mario Puga Ferreira, lembrou a luta desses profissionais, “que atuam com o sonho de formar com mais qualidade nossas crianças, nossos jovens e nossos adultos na nossa universidade. É o sonho que nos une onde quer que atuemos.”

O diretor da Faculdade de Informação e Comunicação da Ufam, Allan Soljenitsin Barreto, conta que a ampliação do espaço começou em 2012, com a proposta de verticalização do antigo Instituto de Ciências Humanas e Letras da instituição.

Em 2013, as obras tiveram início, embora questões como licenciamento ambiental e falência da empresa executora da obra tenham prejudicado o seu andamento. Nesse período foi iniciado o processo de criação da Faculdade de Comunicação, com o objetivo de fortalecer o ensino, a pesquisa e extensão da comunicação social.

“Este bloco e essa faculdade são frutos de muita luta, empenho e determinação dos docentes, discentes e técnicos administrativos. Em março, estaremos no prédio, que é um sonho de várias gerações que passaram pelos cursos de comunicação. Hoje foi o dia de ver concretizado esse sonho. O que nos enche de entusiasmo para seguir adiante, buscando nesse novo espaço, principalmente, a melhoria da qualidade do ensino público e gratuito aqui na Amazônia”, comemora Barreto.

Homenagem – Durante a cerimônia, o ministro entregou a Medalha da Ordem Nacional do Mérito Nacional Educativo 2018. O primeiro homenageado foi o professor Gedeão Timóteo Amorim, que atua há mais de 30 anos na área da educação e gestão pública, e atualmente é deputado federal.

A outra homenageada é a professora Soraya Freire de Oliveira Nobre. Graduada em pedagogia com habilitação em supervisão escolar pela Ufam, ela é especialista em gestão escolar pela Faculdade Salesiana Dom Bosco. Atualmente é professora do ensino fundamental 1 na Escola Estadual Carvalho Leal, com 24 anos de atuação, e professora na Escola Municipal Thomás Meirelles, com 28 anos de atuação.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114