» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sexta, 22 de março de 2019, 17h05

UFMT realiza evento ?Mulheres que conquistaram o espaço"


 m celebração ao mês da mulher e aos 50 anos da chegada da humanidade à Lua, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), por meio do grupo de Gênero & Ciência, que congrega docentes dos Institutos de Física (IF), de Educação (IE), de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) e Faculdade de Comunicação e Artes (FCA) realiza o evento “Mulheres que conquistaram o espaço”. A atividade acontece em 28 de março, a partir das 14h, no auditório da Secretaria de Tecnologia Educacional (Setec) e a entrada é gratuita.
A atividade terá início com a webinar “Mulheres que conquistaram o espaço”, ministrada por Josephine Rua PhD e MSc pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, com experiência em cosmologia. Na videoconferência, a cientista lembrará grandes personalidades, como Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson (as cientistas negras que fizeram história, calculando as trajetórias das naves Apollo), Valentina Tereshkova (a primeira cosmonauta mulher), Mae Jemison (a primeira astronauta negra da NASA) e Jocelyn Bell (descobridora dos pulsares).
Na sequência será realizada a roda de conversa “Mulheres Conquistando Espaços”, que contará com a participação das professoras da UFMT Beatriz Sorrentino Marques (ICHS), Cândida Soares da Costa (IE), Érica de Mello Silva e Iramaia Jorge Cabral de Paulo (ambas do IF), Letícia Xavier de Lemos Capanema, Pâmela Saunders Uchôa Craveiro e Tamires Ferreira Coêlho (todas da FCA). “A roda de conversa abordará os espaços que já conquistamos e sobre os tantos outros que ainda temos por conquistar”, explica a professora Érica de Mello Silva.
“Desde que fui selecionada para o Programa Mulheres na Ciência, do British Council, minha vivência sobre essa temática se expandiu muito. Conheci pessoas que, em diferentes níveis de suas carreiras, trabalham em prol de uma maior divulgação da ciência que é feita pelas mulheres. A publicação da primeira edição da Revista Mulheres na Ciência foi um grande presente para todas nós, integrantes desse programa, pois ali estão os primeiros frutos de uma interação que cultivaremos por toda a vida”, afirma a docente. “Ser uma representante de Mato Grosso nesse grupo é muito gratificante, pois considero que a divulgação desse trabalho aqui pode impactar positivamente as meninas da região que sonham em seguir uma carreira científica”, acrescenta.
“Além disso, interagindo com essa rede de mulheres inspiradoras e engajadas de todo o país, venho naturalmente procurando trazer essa atmosfera de sororidade para a UFMT. Como resultado, nasceu a ideia de criarmos o ‘Grupo de Gênero e Ciência da UFMT’, que já começa a se consolidar através desta atividade”, finaliza.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114