» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sexta, 19 de abril de 2019, 14h07

Projeto 'Farmácia Solidária' completa um ano de atividade em Sinop


 

.

Desenvolvido pelo Câmpus de Sinop da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em parceria com o Rotary Club “Teles Pires” e com a Secretaria municipal de Saúde, o projeto de extensão “Farmácia Solidária” completa um ano. Além da vivência proporcionada aos acadêmicos do curso de Farmácia, que participam da ação sob supervisão de farmacêuticos, a ação também atinge diretamente a sociedade, que obtém os medicamentos após a apresentação da receita médica.


Neste primeiro ano, o “Farmácia Solidária” realizou 742 atendimentos, arrecadou 130.209 e doou 34.934 unidades medicamentos (cápsulas, comprimidos, frascos e bisnagas). Para a sequência do projeto, o objetivo é ampliar os atendimentos e medicamentos disponibilizados, aumentando, assim, o número de pessoas atendidas.


“Percebemos que assim como nós, nossos alunos são apaixonados pelo projeto, conseguem ver o impacto de um trabalho de extensão na sociedade, em como podemos contribuir para diminuir pelo menos um pouco as desigualdades sociais”, explica a farmacêutica da UFMT, Camila Turini, integrante do projeto. “O número de doações da população tem aumentado nos últimos meses, o que mostra que a população sinopense está mais consciente e doando mais medicamentos, contudo ainda o maior número dos medicamentos que recebemos são amostras grátis”, completa.


Neste primeiro semestre, a farmacêutica conta que o objetivo é divulgar o projeto para ampliar o número de pacientes. “Já iniciamos treinamentos com nossa equipe de farmacêuticos e acadêmicos para melhorar nosso atendimento, capacitar nossos acadêmicos e atender a todas as exigências legais. Além disso, pretendemos divulgar o projeto em todas unidades básicas de saúde de Sinop, durante o ano de 2019, para que esses locais também possam se tornar novos pontos de coleta”, finaliza.


O “Farmácia Solidária” tem como proposta arrecadar medicamentos da população, médicos, drogarias que, posteriormente, são dispensados – ato de entrega por profissional com a especificação de utilização – à sociedade, após a apresentação do receituário médico.


Coordenado pelos farmacêuticos do Câmpus de Sinop, Jeandson Carneiro e Morenna Giordani, o projeto de extensão, após a retirada dos medicamentos em desuso, também evita a automedicação e o descarte inadequado no meio ambiente. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 08 às 11h, na UBS Cidade Jardim, em Sinop.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114