» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Quarta, 14 de agosto de 2019, 14h04

Professores e alunos participam de videoconferência em inglês sobre astronomia


 

Alunos da Escola Estadual Plena Ramon Sanches Marques, localizada no município de Tangará da Serra (239 quilômetros ao médio-norte da Capital) participam de uma videoconferência internacional sobre astronomia, coordenada pela professora de matemática Silvana Copcesk. O evento ocorrerá nesta quarta-feira (14.08), às 19h, no Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro). Também participam da videoconferência os professores formadores do Cefapro, de Tangará.

Segundo a professora Silvana, a videoconferência será com o professor doutor Patrick Miller, da Universidade de Hardin-Simmons, no Texas, Estados Unidos. Miller vai abordar a importância de levar a astronomia até as escolas e também sobre o caça-asteroides – um programa de pesquisa para fazer descobertas astronômicas.

“A palestra será em inglês, teremos um professor de língua inglesa que fará a tradução simultânea. Serão 50 minutos em seguida faremos o caça-asteroide, observando a Lua, Saturno e Júpiter. Vamos utilizar dois telescópios”, destaca Silvana.

A professora lembra que trabalhou com o caça-asteroide, em uma escola antes da EE Ramon Sanches, que tem três alunos bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na pesquisa da astronomia.

“Estamos numa parceria com o Cefapro com dois professores formadores para a divulgação da astronomia e também mostrar que é possível trabalhar a astronomia escolar com a metodologia ativa”, assinala.

Caça-Asteroide

É uma colaboração Internacional de pesquisa Astronômica (IASC) é um programa de ciência cidadã, tendo Silvana como única brasileira participante. Ele fornece dados astronômicos de alta qualidade para cientistas cidadãos em todo o mundo. Eles são capazes de fazer descoberta astronômicas originais e participam da astronomia prática. Este serviço é fornecido sem custo. Silvana é professora bolsista do Caça-Asteroide.

Silvana é a primeira mulher de Mato Grosso a conhecer a Agência Espacial Americana (Nasa), em setembro de 2016 e, nessa época, surgiu o caça-asteroide. Na ocasião, acompanhou a aluna Maria Gisllany Bezerra da Silva, 18 anos.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114