» mais
Comentar           Imprimir
Política Nacional
Segunda, 11 de junho de 2018, 12h31

Audiência discute novas regras do cartão de crédito


As novas regras adotadas pelo Conselho Monetário Nacional em relação aos cartões de crédito serão discutidas nesta terça-feira (12) na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

O deputado Jose Stédile (PSB-RS), que pediu a realização da audiência, explica que, desde abril de 2017, o Banco Central adotou medidas para combater o superendividamento para clientes de cartões de crédito. A permanência no crédito rotativo (quando o consumidor arcava com 15% do saldo devedor), por exemplo, ficou restrita a um mês.

Foi criada também uma nova modalidade de rotativo – o não-regular – destinado aos clientes que não conseguirem arcar com a amortização mínima. Segundo o parlamentar, os consumidores nesse segmento eram submetidos a juros mais elevados, além de serem obrigados a pagar taxas de inadimplência, implicando um aumento do saldo devedor. Agora as operadoras não poderão cobrar juros diferentes de clientes que estiverem no rotativo e ficarem inadimplentes.

“No entanto, as operadoras de cartões de crédito agora poderão aplicar percentuais diferenciados para enquadramento no rotativo, a seu próprio critério, sem a obrigatoriedade do pagamento mínimo dos 15% atuais”, afirma Stédile. “Existe o receio justificável que os bancos e administradoras de cartões apliquem percentuais inferiores aos 15%, o que poderia trazer como reflexo o aumento do endividamento e, por consequência, da inadimplência.”

Debatedores
Foram convidados para discutir o assunto, entre outros, o diretor-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), Ricardo de Barros Vieira; e o integrante da Comissão Especial de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil, Amanda Flávio de Oliveira.

AgC


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai Emanuel tem várias denúncias por corrupção
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114