» mais
Comentar           Imprimir
Política Nacional
Terça, 10 de julho de 2018, 12h14

Eleições 2018: acordo para não proliferação de notícias falsas conta com assinatura de 28 partidos


O acordo de colaboração firmado com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a manutenção de um ambiente eleitoral imune à disseminação de notícias falsas (fake news) nas Eleições Gerais de 2018 já conta com a assinatura de 28 partidos políticos. Pelos texto do documento, os signatários “se comprometem a manter o ambiente de higidez informacional, de sorte a reprovar qualquer prática ou expediente referente à utilização de conteúdo falso no próximo pleito”, atuando como colaboradores contra a proliferação de notícias falsas.

O termo de compromisso foi firmado no dia 5 de junho pelo presidente do TSE, ministro Luiz Fux, e por representantes de dez agremiações partidárias. Agora, o acordo já conta com 28 signatários: AVANTE, DC, DEM, MDB, PCB, PCdoB, PMB, PR, PSDB, PDT, PHS, NOVO, PPL, PP, PRB, PROS, PRP, PSC, PSD, PSL, PSOL, PSB, PTB, PV, PATRI, REDE, SD e PMN). Até o momento, apenas sete partidos - PCO, PMB, PT, PRTB, PSTU, PTC e PODE - não firmaram o compromisso.

Outras parcerias

Com o mesmo objetivo, o TSE firmou parceria, no dia 19 de junho, com representantes do Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político (Camp). Por meio do acordo, os integrantes do Clube se comprometem a manter um ambiente informacional saudável, reprovando qualquer meio relacionado ao uso de conteúdo falso nas eleições. Também assumem a missão de colaborar com o TSE e outros órgãos na identificação das chamadas fake news, auxiliando na promoção de “um ciclo eleitoral mais transparente e justo”.

Já no último dia 28 de junho, o presidente do TSE assinou dois memorandos de entendimento com entidades representativas do setor de comunicação e com as empresas Google e Facebook. Os signatários assumiram o compromisso com o TSE de prevenir e combater a desinformação gerada por terceiros, além de apoiar a Corte em projetos de fomento à educação digital, e em iniciativas de promoção do jornalismo de qualidade.

Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições

A assinatura dos acordos integra o conjunto de iniciativas do TSE – por meio de seu Conselho de Política Institucional – para somar instituições da sociedade civil a seu esforço de desestimular e coibir a produção e a disseminação de conteúdos falsos ou enganosos na internet e nas redes sociais durante o período eleitoral.

Com esse mesmo propósito, o Tribunal instituiu, por meio da Portaria TSE n° 949/2017, o Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições. Integram o Conselho representantes da Corte e de diferentes instituições públicas, como o Ministério Público Eleitoral, a Polícia Federal, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), os Ministérios da Defesa, da Justiça, da Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações entre outros. Entre suas atribuições está a realização de pesquisas e estudos sobre as regras eleitorais e a influência da internet nas eleições, em especial sobre o risco das fake news e do uso de robôs na proliferação desse tipo de conteúdo.

Acesse a íntegra do termo de compromisso firmado com os partidos políticos.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114