» mais
Comentar           Imprimir
Automotores
Domingo, 19 de agosto de 2018, 08h36

Consórcio CASE facilita compra programada de equipamentos de construção


.

Financiamentos e compras à vista não são as únicas formas de adquirir equipamentos de construção. Em parceria com a Administradora Primo Rossi, a CASE Construction Equipment lançou um novo consórcio para a aquisição de máquinas da marca.

.

O consórcio é uma alternativa para quem quer efetuar uma compra de forma programada. Essa modalidade permite ao consumidor adquirir equipamentos com menor taxa de administração, prazos maiores e menos burocracia, informa Carlos França, gerente Nacional de Vendas da CASE.

Além de não ter juros, o consórcio oferece uma série de vantagens ao empresário, como opções de prazos de pagamentos, a alternativa de compra à vista quando estiver com a carta de crédito, e o valor menor comparado ao financiamento tradicional.

Outra vantagem do consórcio é a segurança que ele oferece, já que as administradoras são fiscalizadas e monitoras pelo Banco Central (Bacen), que cria as normas e controla todas as atividades do sistema de consórcios, com foco na eficiência e solidez das administradoras e cumprimento da regulamentação específica.

França esclarece que consórcio não é financiamento e não existem juros. Ao cliente, é cobrada uma taxa administrativa de 14% no prazo total do grupo; ou seja, 0,14% ao mês no caso dos grupos de 100 meses. Os prazos dos grupos podem variar de 80 a 100 meses.

No Consórcio CASE, há sorteios e lances mensais, sem um número fixo de contemplados, que varia de acordo com o grupo, já tendo chegado a 40 num único mês. Também não há obrigatoriedade em dar lances e, após a contemplação, não há prazo para retirar o bem e o dinheiro pode ficar em aplicações rentáveis. Outra opção para o cliente CASE é fazer um acordo com o concessionário oferecendo sua máquina usada. “Desta forma, o cliente entrega a máquina para a concessionária, que faz o pagamento em dinheiro para o consórcio. Essa opção permite ao nosso cliente continuar usando a máquina no seu trabalho até que seja contemplado ou decida dar o lance”, esclarece França.

Mais informações sobre o Consórcio CASE pode ser obtidas nas concessionárias CASE, que já estão preparadas para tirar todas as dúvidas dos clientes, e no site www.casece.com.br.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114