» mais
Comentar           Imprimir
Auto&motores
Domingo, 23 de junho de 2019, 08h11

GM reduz água necessária para fabricar um carro em 76%


Entre 2003 e 2018, a quantidade de água utilizada por veículo no processo de fabricação da General Motors no Brasil foi reduzida em 76%. Ou seja, hoje é utilizado um quarto do volume de água para fabricar um carro na empresa em comparação ao que era necessário há 15 anos.

GM reutilizou 121 milhões de litros de água em 2018.

A evolução se deve à busca contínua da companhia para reduzir o consumo de recursos naturais, implementando diversas novas tecnologias em suas operações ao redor do mundo. Entre as iniciativas, estão ações tanto para diminuir o consumo, como para aumentar o reuso da água.

“Somente em 2018, reutilizamos 121 milhões de litros de água nas nossas operações no Brasil. Esse volume é suficiente para encher 50 piscinas olímpicas”, afirma Glaucia Roveri, gerente de Energia e Utilidades da GM América do Sul. “Nossos times têm foco contínuo na busca pela redução de consumo ou aumento do reuso da água. A questão não é só a preservação de um recurso natural, mas também de conservação de algo que é essencial para o consumo das comunidades”, complementa.

O projeto de reuso de água da companhia foi repaginado em 2015, com inovações como a conexão de novos pontos de consumo, resultando em um aumento de 162% no reuso de água entre 2015 e 2018.

Sete décadas de preservação dos recursos hídricos

Desde o início da década de 40, a GM já se preocupava com a preservação dos recursos hídricos e efetuava o tratamento primário de seus esgotos através de um sistema biodigestor. Nos anos 50, a General Motors construiu sua primeira estação de tratamento de água (ETA) no Brasil, captando água de um córrego e utilizando para fins não potáveis.

Na década de 70, no complexo industrial de São José dos Campos, a GM inaugurou a maior Estação de Tratamento de Efluentes da companhia no país, com tratamento de efluentes por processos físico químicos e biológicos. Nos anos 80, com a implantação do novo sistema de tratamento de efluentes em São Caetano do Sul, foi inaugurado o primeiro processo de reuso da água proveniente do sistema industrial.

Todas as fábricas da GM têm processos de tratamento de efluentes, São Caetano por exemplo, possui o sistema de tratamento físico químico convencional. Como é uma água industrial tratada, é utilizada em processos como, por exemplo, os da torre de resfriamento, lavagens de equipamentos e as descargas de sanitários.

Em Joinville, a instalação foi construída com um conceito de nova fábrica, certificada LEED Gold. O prédio foi pensado para adotar as tecnologias mais atuais e já contou com o reuso de água do efluente tratado na unidade. Todo o esgoto gerado é tratado através de um jardim filtrante, sistema que não utiliza produtos químicos e é feito de forma natural sem uso de aeradores. Este sistema é seguido por um processo de tratamento físico químico com osmose reversa, que é uma membrana extremamente fina, que retém todos os poluentes e somente deixa passar a água que contem elevado teor de pureza, e é utilizada para fins não potáveis, como processo industrial, sanitários, irrigação, jardinagem e lavagem de pisos.

General Motors

A General Motors está comprometida em oferecer às pessoas meios de locomoção melhores, mais seguros e sustentáveis. A GM, suas subsidiárias e entidades de joint venture vendem veículos sob as marcas Chevrolet, Cadillac, Baojun, Buick, GMC, Holden, Jiefang e Wuling. Mais informações sobre a empresa e suas subsidiárias, incluindo a OnStar, líder mundial em segurança de veículos, serviços de segurança e informações, a Maven, sua marca de mobilidade pessoal, e a Cruise, sua empresa de veículos autônomos e car sharing, podem ser encontradas em http://www.gm.com.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114