» mais
Né !
Sexta, 15 de setembro de 2017, 11h41

Sejud erra ao se referir a Arcanjo

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, gestora do sistema penitenciário estadual, divulgou uma nota hoje informando que João Arcanjo Ribeiro - o então Comendador Arcanjo - chegou a Cuiabá na noite desta quinta-feira, 14 de setembro, identificando o local em que o mesmo está custodiado. 

Como o então explorador do jogo do bicho recebe um tratamento diferenciado de Pedro Taques - desde a época em que era Procurador da República, o "temido" condenado é tratado como "preso" pela Secretaria, como se lê em uma das frases:

"A unidade prisional reforçou protocolos de segurança para garantir a integridade do referido preso, em conformidade com o perfil dos apenados que estão custodiados no raio 5".

O PlantãoNews não encontrou no glossário jurídico o termo [preso] atribuído a Arcanjo pela Sejud. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso usa, por exemplo, o termo "paciente".

Termo [paciente] que por sinal que cai muito bem a João Arcanjo que desde 2003 (após a Operação Arca de Noé) aguenta sozinho as acusações que lhe foram imputadas. Até mesmo a condenação de ter mandato matar o empresário do meio de comunicação Savio Brandão (o que lhe impõe a prisão), que afirmou que estaria "pagando por um crime que não cometeu".

Arcanjo foi transferido do presídio federal em Mossoró (RN) para Cuiabá em um vôo comercial, escoltado por agentes penitenciários federais.

.

Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114