Cuiabá | MT 16/10/2021
Né !

Consumidores podem parcelar contas de energia elétrica no cartão de crédito

Sexta, 16 de abril de 2021

.

Mais uma ação para o enfrentamento da pandemia causada pelo coronavírus foi efetivada nesta semana. O governador Mauro Mendes (DEM) sancionou a Lei 11.332/21, de autoria do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM). Ela permite que consumidores efetuem o pagamento e parcelamento da conta de energia elétrica com cartão de crédito.

Botelho defende como uma alternativa para aliviar o momento difícil que muitas famílias enfrentam em decorrência da pandemia, em que muitas pessoas perderam empregos e vivenciam a angústia de manter o sustento da casa. Com a nova lei, a concessionária dos serviços públicos de fornecimento de energia elétrica de Mato Grosso deverá ofertar a opção do pagamento com cartão de crédito, inclusive, das contas vencidas.

“Mais um apoio importante para os consumidores que podem pagar a conta de energia com o cartão de crédito, podendo até ser parcelado. Nesse momento difícil, tenho certeza que será de grande valia”, afirmou.

Outra proposta para ajudar a população encampada por Botelho, se refere a derrubada do veto do governador ao projeto de lei que proíbe o corte de energia elétrica por três meses. “Vamos batalhar para derrubar esse veto. Existe uma votação no Supremo que diz que as leis das Assembleias valem. Então, o que aprovamos vai valer e vamos derrubar esse veto”, garantiu.

Esse veto foi aposto ao Projeto de Lei 160/21, aprovado no último dia 22, que dispõe sobre a proibição de corte no fornecimento de energia elétrica no Estado de Mato Grosso e dá outras providências, de autoria das lideranças partidárias. Nesta segunda-feira (19), os deputados realizam sessão plenária para a apreciação de vetos. 

Unimed e o tédio

Segunda, 22 de março de 2021

Quem liga em um dos telefones da Farmácia Unimed em Cuiabá está fadado a se irritar, infartar ou se culpar por acreditar na própria ação.

A partir do momento que o telefone toca, o sistema ativa uma gravação com propaganda, conselhos e pedido de votação na qualidade do atendimento.

Apesar de todo o tempo que as pessoas tem, em função da pandemia, esses tipos de 'coisas' provocam tédio e irritação para quem liga, a partir do princípio se tratar pela busca de medicamentos.

Fica o registro e a esperança de que ocorra uma melhora. 

Os shopping's e o atrativo de risco

Segunda, 22 de março de 2021

O governador Mauro Mendes tem tentado frear o aumento de casos de Covid-19 em Cuiabá, buscando medidas que estão sendo executadas também em nível nacional.

A grande maioria dos comércios fecha às 18h00. Porém como os shopping's center's funcionam até às 19h00 o que se observa é um grande volume de gente indo aos shoppings - o que tem provocado certa lotação.

O que preocupa é que os shopping's tem ar refrigerado e pesquisadores avaliam que ar condicionado e coronavirus são uma combinação favorável à propagação. 

O que agrega maior volume de pessoas - ao que se observa é o Shopping Pantanal, devido sua localização em uma mais populosa - como os bairros do CPA, Morada do Ouro, Canjica, Terra Nova, Carumbé e outros. 

 

Kalil começa 'amarrado'

Quarta, 27 de janeiro de 2021

 


O prefeito por Várzea Grande, Kalil Baracat, atravessa o mês de janeiro com problemas para efetivar servidores em alguns setores da administração municipal.

Servidores que estiveram com a ex-prefeita Lucimar Campos acabaram ficando numa saia justa: a regra seria da antecessora demitir sua equipe, dando liberdade para o seu sucessor contratar a sua própria equipe. 

Com isso, sobrou para Kalil exonerar o pessoal e, até a semana passada, muita gente não sabia se ia receber os salários de janeiro.
 
O prefeito começa a gestão atrelado ao ex-senador Jayme Campos (DEM), esposo de Lucimar Campos.
 

Se depender do entusiasmo do novo presidente do DAE - Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande, o engenheiro Carlos Alberto Simões de Arruda - o Beto Arruda - o problema no fornecimento de água tratada na cidade deve ter grandes avanços.
 
Ele relata, a algumas pessoas, que já tem em mãos a 'solução' a curto prazo. Para alívio da população que sofre há anos com a falta d'agua.
 
 
 
 

 

Semob cumpre determinação do MPE e instala novos equipamentos de monitoramento

Quinta, 14 de janeiro de 2021

.

Em cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com Ministério Público Estadual (MPE), para ampliação de equipamentos de fiscalização, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) vem trabalhando na substituição e na implantação desses instrumentos de fiscalização eletrônica. A previsão é que esses equipamentos passem a funcionar em no máximo 60 dias.

O não cumprimento dessa determinação do MPE acarreta em uma multa diária de até R$ 5 mil para a Prefeitura de Cuiabá. A medida também segue a nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), nº 798/2020.

Essas mudanças já foram executadas nas avenidas das Torres, Dante Martins de Oliveira, Fernando Côrrea da Costa, além da implantação de novos aparelhos na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251) e Estrada da Guia (MT-010). Segundo levantamento, nos últimos três anos foram registrados 294 acidentes na MT-251 e 240 na MT-010, fazendo-se necessária a instalação de dois novos instrumentos de fiscalização.

Atualmente estão instalados em Cuiabá, 44 pontos de fiscalização, entre semáforos com avanço de sinal, equipamentos fixos e lombadas eletrônicas. Poderão ser instalados em novos pontos conforme a necessidade e conveniência de acordo com estudos de viabilidade e relatórios de acidentes. Seguindo as determinações do TAC, a Semob prevê o aumento de 10% desses equipamentos.

Após a instalação, em novos ou antigos pontos, todos os aparelhos passam pela fase de aferição do Inmetro e também é feita toda a sinalização viária, referente ao limite de velocidade permitido em cada via. O funcionamento desses novos aparelhos trabalha com duas câmeras, que aferem a velocidade média do veículo, ou seja, registrando um ponto específico, com capacidade de verificação de até 20 metros de proximidade.

Válido ressaltar que, para atender essa determinação, uma nova licitação foi feita no ano de 2020 que resultou em um novo contrato de prestação de serviços e contratação de uma empresa especializada para gerenciar os trabalhos de melhorias da acessibilidade e mobilidade urbana na capital. Nessa nova licitação realizada já constava essa previsão de aumento e troca dos aparelhos.

Antes de iniciar o funcionamento desse novo sistema de controle, a Semob fará ampla divulgação no site oficial da Prefeitura e imprensa local. “Todo trabalho executado pela Semob é comunicado para toda a população e realizado um trabalho educativo antes da aplicação de penalidade”, disse o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

Estudos apontam que, nas avenidas que foram instalados os aparelhos de fiscalização eletrônica, houve redução de mais de 40% no índice de acidentes. “Os equipamentos servem para garantir um trânsito mais seguro. Essa é uma preocupação do prefeito Emanuel Pinheiro, oferecer para a população cuiabana uma cidade com segura e com maior fluidez no trânsito”, concluiu o secretário.  

1 - 2 - 3 - 4 - 5

Busca



Enquete

Quem é o mais culpado pela não conclusão do VLT em Cuiabá?

Mauro Mendes quando prefeito de Cuiabá 2013/2017?
Emanuel Pinheiro quando deputado estadual 2010/2014?
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114