» mais
Né !

Caravana: Um jeitinho sem noção

Quarta, 05 de setembro de 2018

.

A realização da Caravana da Transformação que realizou principalmente as cirurgias de catarata em Mato Grosso foi uma necessidade, com certeza.

Contudo o custo paralelo com tendas, banheiros químicos, cadeiras poderia ter sido evitado pelo simples fato de que o estado tem dezenas de escolas nas cidades e toda estrutura poderia ter sido aproveitada.

Salas, cadeiras, banheiros, cozinha, enfim tudo pronto.

E o mesmo com a Assembleia Itinerante onde deputados realizavam eventos em diversos municípios com as tais "ações sociais e de cidadania".

.

Wellington Fagundes, o emissário e a pesquisa

Domingo, 02 de setembro de 2018



Conhecido entre os políticos, principalmente vereadores e prefeitos como "o rei do asfalto', por conta da 'liderança' que  tem sobre empreiteiras, o candidato  ao Governo Wellington Fagundes (PR) demonstra insatisfação - ou medo - por conta de pesquisas feitas pelo instituto Voice e tenta impedir sua veiculação.

Ao todo são três pesquisas que abragem os municípios de Cuiabá, Várzea Grande e todo Mato Grosso. Mas o grande pavor de WF estaria no levantamento do interior do Estado.

E, (conforme o jornal eletrônico MidiaNews), o candidado teria mandado um emissário para tentar barrar a veiculação das pesquisas mas teria soltado a gafe ao dizer que o chefe teme o resultado do interior.

Ronye Steffan, diretor de pesquisa do Voice, detalhou que o intituto cumpre todas as exigências da Lei Eleitoral, e - lógico - repudiou a tentativa, o que chamou de "oportunista e antidemocrática".

Selma, a sua metralhadora giratória.

Sábado, 01 de setembro de 2018

A candidata ao Senado pelo PSL, Selma Arruda,  que ontem rompeu com a coligação "Segue em Frente Mato Grosso", estreou no horário eleitoral gratuito com o discurso de xerife, talvez pegando rabeira no que já foi o ex-procurador da República, Pedro Taques quando também foi candidato ao Senado nas eleições de 2010.


Com semblante carregado a ex-juíza se vangloria em afirmar que mandou bandidos pra cadeia, usando a imagem de Silval Barbosa, João Emanuel e José Riva.

Em março a então ainda juíza afirmava a jornalistas que estava avaliando convites de partidos políticos, e que iria se filiar apenas naquele que atendesse suas exigências. Segundo ela, se isso não ocorrer, ela vai “feliz para casa, descansar”.

Depois que Selma oficialmente rompeu com a coligação que
tem o governador Pedro Taques, candidato à reeleição e Nilson Leitão - ambos do PSDB, o  partido emitiu uma nota e explicitamente cita a postura da ex-juiza como de 'factóide, piada, estardalhaço e sorrateira'.



 

 

Dinheiro, distribuição e carro zero

Sexta, 31 de agosto de 2018

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso recebeu no mês de agosto o montante de R$ 30 milhões de repasse por parte do Governo do Estado.

Até agora, em oito meses, a Casa já contabilizou em caixa R$ 262 milhões.

Um setor específico pagou despesas da ordem de R$ 47 milhões, onde ainda há gente na fila desde o ano passado.

Dos dados, superficialmente observados pelo PlantãoNews, a Casa gastou R$ 35 mil reais ema tal  "distribuição gratuita" - o que não especifica detalhes da despesa nem que serviço foi realizado e certamente liberado pelo presidente Eduardo Botelho, candidato a reeleição.

O valor daria para comprar um carro um tanto melhor que o popular, ou ainda construir uma casa de R$ 45 m2.
 

Kwid lançamento menos de R$ 30 mil.

 

Wellington e Emanuel: susto e danos materiais

Terça, 28 de agosto de 2018

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) e o candidato a governador de Mato Grosso (PR) passaram um grande susto no início da noite desta segunda-feira (27) quando trafegaram pela BR 364 quando chegavam a Rondonópolis (220 km ao Sul de Cuiabá)

Ambos voltavam de avião de Brasília de reuniões em ministérios e desceam em Rondonópolis. 

No trevo de acesso a cidade uma carreta colidiu com a parte traseira o veículo em que estavam. Foram apenas danos materiais e um grande susto.

Piada pronta:

O que tem de servidor público em eventos políticos
é de se assustar. O que cabe ao Ministério Público e a sociedade denunciar eventuais faltas ao local de trabalho dessas figuras no dia seguinte a "participação" em apoio aos candidatos que os interessa.

Para isso quem briga por moralidade na administração pública deve procurar os meios para tal (TRE, MPE, MPF) sabendo que ambos os órgãos prometem sigilo absoluto. 

1 - 2 - 3 - 4 - 5

Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114