» mais
Né !

Fórum Sindical e o Teto de Gastos

Segunda, 18 de setembro de 2017

A coordenação do Fórum Sindical - Orlando Francisco (Sintep/MT), Cledson Gonçalves (Siagespoc) e João Batista Pereira (Sindspen-MT) -  emitiu nota informando que o governo do Estado confirmou para hoje logo mais ás 14h30, véspera do Ato Público Unificado, a audiência com as categorias que compõem o colegiado e os secretários da Casa Civil, José Adolfo, e de Gestão, Júlio Modesto.

A reunião será realizada no auditório Garcia Neto, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. Na pauta em debate, Reformas Administrativas, Leis de Carreira e a PEC 010/2017, do Teto de Gastos. 

Sejud erra ao se referir a Arcanjo

Sexta, 15 de setembro de 2017

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, gestora do sistema penitenciário estadual, divulgou uma nota hoje informando que João Arcanjo Ribeiro - o então Comendador Arcanjo - chegou a Cuiabá na noite desta quinta-feira, 14 de setembro, identificando o local em que o mesmo está custodiado. 

Como o então explorador do jogo do bicho recebe um tratamento diferenciado de Pedro Taques - desde a época em que era Procurador da República, o "temido" condenado é tratado como "preso" pela Secretaria, como se lê em uma das frases:

"A unidade prisional reforçou protocolos de segurança para garantir a integridade do referido preso, em conformidade com o perfil dos apenados que estão custodiados no raio 5".

O PlantãoNews não encontrou no glossário jurídico o termo [preso] atribuído a Arcanjo pela Sejud. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso usa, por exemplo, o termo "paciente".

Termo [paciente] que por sinal que cai muito bem a João Arcanjo que desde 2003 (após a Operação Arca de Noé) aguenta sozinho as acusações que lhe foram imputadas. Até mesmo a condenação de ter mandato matar o empresário do meio de comunicação Savio Brandão (o que lhe impõe a prisão), que afirmou que estaria "pagando por um crime que não cometeu".

Arcanjo foi transferido do presídio federal em Mossoró (RN) para Cuiabá em um vôo comercial, escoltado por agentes penitenciários federais.

.

Engana, vai que gostam?

Segunda, 11 de setembro de 2017

A última notícia postada no sistema Fiplan de Mato Grosso consta de matéria sobre a proposta de redução de duodécimo para os poderes. Interessante que decorre mais de um ano (maio de 2016) e as informações que deveriam ser transparentes e de fácil interpretação para a população são um labirinto e com dados percentuais e não específicos, numerais, como os percentuais ao Tribunal de Justiça, Ministério Público e Assembleia Legislativa. Por outro lado mostra números para Saúde, Segurança e Educação - bem do tipo enganação. E no item informativo as 'notícias' são de 2011. 

 

Logo, é Carnaval

Sexta, 08 de setembro de 2017

Entra setembro, comemora-se o feriadão da Independência e logo será Carnaval.

Dezembro já está bem ai e o Natal só vai ser sentido naqueles momentos das músicas imortalizadas.

Mas o Carnaval vai acordar depois da meia noite do dia 25. E ganhará território na réveillon com os sambas-enredos ganhando terreno.

E, como o carnaval cai no dia 13 de fevereiro de 2018 é bom ficar esperto pois o ano promete. Vai começar cedo e será longo.

 

Novo super na PRF

Segunda, 04 de setembro de 2017

Tomou posse nesta segunda-feira (4) o novo superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, Aristóteles Cadidé da Silva, no auditório da sede das Promotorias de Justiça da Capital. De acordo com ele, o corte no orçamento anual repassado pela União à PRF será seu maior desafio. A instituição perdeu quase R$ 200 milhões dos R$ 460 milhões previstos para 2017.

Em Mato Grosso, a PRF conta com 369 servidores, distribuídos pelos 15 postos e oito delegacias regionais.

Isso inclui os policiais responsáveis pelos mil quilômetros de fronteira seca que o estado possui. Com o objetivo de fornecer melhores condições de trabalho, a delegacia da PRF de Pontes Lacerda (450 a Sudoeste de Cuiabá) passou por reformas e será inaugurada nesta terça-feira (05.09).

“Também está no plano de trabalho a inclusão da PRF-MT na Operação Égide, de âmbito nacional, para fortalecer a atuação na fronteira”, acrescentou Cadidé da Silva.

 

2 - 3 - 4 - 5 - 6

Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114