Cuiabá | MT 09/12/2023
Pesquisa/Tecnologia
Domingo, 05 de fevereiro de 2023, 18h34

Pesquisadores do Cemaden sugerem medidas efetivas para conter impactos dos desastres naturais


.

Estudo científico coordenado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) alerta para a tendência de fenômenos climáticos intensos e a adoção de medidas efetivas de conscientização, prevenção e gestão de riscos. Vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Cemaden realizou o estudo climático com base nas fortes chuvas que atingiram Pernambuco e outros estados do Nordeste em maio de 2022. Na ocasião, 130 pessoas morreram em decorrência de deslizamentos de terra.

“Em todo mundo existe uma tendência de extremos e não só de chuvas, mas também de secas, furacões, ondas de calor e de frio. Esta é uma tendência observada, e o Brasil não é uma exceção. A tendência de extremos está aumentando em todo mundo”, explica o climatologista José Marengo, coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento do Cemaden.

Segundo ele, o estudo sugere ações de conscientização, prevenção e gestão do risco de desastres, além de monitoramento eficiente da previsão com a participação de todos, o que requer educação e mudança cultural. “A população tem que desenvolver uma percepção sobre os desastres. Algumas pessoas não querem deixar suas casas, outras voltam escondidas para pegar documentos e terminam atingidas por avalanches de rochas, deslizamentos e enxurradas.”

“As chuvas não matam, o que matam são os desastres associados a extremos de chuvas em áreas que são vulneráveis ou em áreas que são expostas e onde a população continua morando. Obviamente, não é culpa da população morar em encostas, ou seja, um planejamento urbano é fundamental, e tomadores de decisão também têm que passar por uma mudança cultural e de percepção de desastres naturais, não apenas nas escolas, mas também, em nível de governo”, acrescenta Marengo.

O artigo “Flash floods and landslides in the city of Recife, Northeast Brazil after heavy rain on May 25–28, 2022: Causes, impacts, and disaster preparedness” (Inundações repentinas e deslizamentos de terra na cidade de Recife, Nordeste do Brasil, após fortes chuvas de 25 a 28 de maio de 2022: causas, impactos e preparação para desastres) teve a participação de 12 pesquisadores e foi publicado no jornal científico internacional da Elsevier – Weather and Climate Extremes em janeiro.




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114