Cuiabá | MT 09/08/2022
Interior de MT
Sexta, 27 de novembro de 2020, 20h56

Interiorizao segue com capacitao em Lucas do Rio Verde e Sapezal


.

Em Sapezal e Lucas do Rio Verde, municípios distantes de Cuiabá 529 Km e 334 Km, respectivamente, o projeto Água para o Futuro mapeou remotamente 1.552 áreas para a prospecção de nascentes. Do total, 942 áreas estão localizadas em Sapezal e 610 em Lucas do Rio Verde. Os dois municípios aderiram este ano ao projeto e nesta semana sediaram o 1º ciclo de capacitação realizado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso sobre confirmação e caracterização de nascentes. A iniciativa faz parte das ações de interiorização do projeto Água para o Futuro, que busca recuperar e proteger as nascentes de Mato Grosso.

O conteúdo programático da capacitação incluiu discussões sobre habilidades e equipamentos básicos, caracterização hidrogeológica, bioindicadores, danos em áreas de preservação permanente, planejamento estratégico, entre outros assuntos. O curso contemplou ainda atividades práticas com realização de vistorias in loco em nascentes previamente selecionadas para a coleta das informações necessárias para a elaboração de relatório técnico. O levantamento serve de base para que o promotor de Justiça adote as medidas necessárias em busca da reparação integral dos danos.

Promotor em Lucas do Rio Verde, Leonardo Moraes Gonçalves destacou que “o projeto Água para o Futuro está entrando no município para enriquecer política pública institucional desenvolvida há vários anos na cidade que também identifica nascentes”. Ele se refere ao projeto “Lucas Legal”, que teve início com o cadastramento ambiental rural, de áreas de preservação permanente, matas ciliares e nascentes. O projeto Água para o Futuro está sendo desenvolvido no município por meio de uma parceria entre Ministério Público e Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Quatro técnicos do município participaram da qualificação.

Em Sapezal, o promotor de Justiça João Marcos de Paula Alves explicou que a ida dos técnicos do Água para o Futuro ao município foi imprescindível para execução da iniciativa. “Com o atendimento presencial, os técnicos de Sapezal tiveram a oportunidade de verificar como o projeto é desenvolvido e, de certa forma, essa experiência abriu a mente da equipe, que está entusiasmada com o trabalho”, afirmou.

Segundo ele, o município já apresentou os equipamentos que deverão ser adquiridos e o Ministério Público viabilizará a aquisição por meio de transações penais. A previsão é de que em janeiro o projeto comece a ser executado.

O coordenador do Água para o Futuro, promotor de Justiça Marcelo Vacchiano, enfatizou que a capacitação é essencial para o levantamento e caracterização das nascentes em todo Mato Grosso. “Os técnicos vão a campo pela manhã, a tarde o relatório já está pronto e as informações já são lançadas no site e no aplicativo do projeto e disponibilizada para o mundo”, explicou.  




Busca



Enquete

Mesmo com a pandemia voc acha que o setor de sade pblica...

Melhorou muito
No melhorou nada
Est excelente
No sei opinar
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plant�o News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114