» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Quarta, 03 de outubro de 2018, 18h22

Parceria com Prefeitura resulta em capacitação de orientadores sociais para atender PCD


Mais de 60 orientadores sociais de Cuiabá foram capacitados para receber pessoas com deficiência em unidades assistenciais. A preparação faz parte do eixo de educação do programa Gerando Convivência, desenvolvido por meio de parceria entre Prefeitura, Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e a entidade beneficente Pia Sociedade de São Paulo (Paulus). Os encontros aconteceram ao longo desta segunda (1) e terça-feira (2), na sede da Legião da Boa Vontade de Cuiabá (LBV).

O objetivo é incluir os atendidos nas atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SFCV), utilizando o esporte paralímpico como estímulo para a inclusão. Para isso, são utilizadas técnicas do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). O programa piloto deve ser implantado nas unidades da Capital a partir do início de 2019.

De acordo com o secretário de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho, a ação abre mais uma porta de inclusão, somando à principal bandeira da gestão do prefeito Emanuel Pinheiro, de humanizar os serviços prestados. “Enxergo aqui um avanço na compressão das necessidades das pessoas com deficiência, o que possibilita que façamos os ajustes no atendimento, acolhendo-as da maneira correta e com qualidade. Sozinhos não fazemos nada, mas juntos transformamos vidas”, disse.

Os servidores da base assistencial integram o quadro das 14 unidades de Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e de 13 instituições filantrópicas, como a Pestalozzi, Conselhos Municipais de Direitos, Casas Lares e Centros Dia.

Segundo a presidente do CMAS, Ruth Leite, além da parte técnica, voltada à prática esportiva, os orientadores precisam ter sensibilidade com as demandas de cada aluno, para que os resultados fluam. “O intuito é conscientizá-los sobre a importância da integração na vida dessas pessoas e o quanto a situação delas pode ser melhorada. Isso representa um impacto direto na qualidade do trabalho desempenhado junto aos atendidos”, afirmou.

Em busca de mudanças

O coordenador de Núcleo de Formação da Paulus, Aurier Pacheco, explica que Cuiabá é a terceira cidade a receber a capacitação. Atualmente, no Brasil, só 1% dos deficientes físicos são atendidos no Serviço de Convivência. Diante do número, a entidade, que atua com frentes de assistência social e educação, vem lutando há anos pela difusão do assunto em vários segmentos.

“É uma quantidade extremante baixa e que precisa ser mudada com urgência. Isso significa exclusão desses cidadãos de um meio em que eles têm direito. Sabemos que não é fácil tratar de acessibilidade, mas se não começarmos a dar os primeiros passos, adaptando os serviços que já estão implantados e criando mais ferramentas eficientes, não vamos progredir”, reforçou.

O Gerando Convivência atenderá cerca de 6.500 pessoas cadastradas nas unidades de atendimento. É o caso de Luiz Santana, 44. Cadeirante há 28 anos, ele faz parte do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e explica que, capacitar os orientadores é um dos caminhos para o avanço no processo de inserção e mudanças nas políticas públicas voltadas à causa.

“Quando preparamos os profissionais, os trazemos para vivenciar o dia a dia de uma classe, com todas as suas dificuldades. Ou seja: alinhamos as pessoas sem nenhuma deficiência à realidade de seres que vivem com algumas limitações. Mostramos que é possível nos unirmos para o bem de todos. Lutar sozinho é andar em círculos, mas lutar com várias mãos é caminhar rumo ao progresso. Agradeço a todos em nome de meus colegas que, assim como eu, sonham com um país mais justo”, concluiu.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114