» mais
Né !

Made in Corea do Sul

Segunda, 26 de junho de 2017

O secretário de Infraestrutura do Estado de Mato Grosso, Marcelo Duarte, divulgou nota informando que viaja à Coreia do Sul para debater melhoria na infraestrutura, onde irá participar de diversos fóruns para debater com representantes, de diversos países, as boas práticas que podem alavancar o desenvolvimento do Estado.

Ele cita que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), recentemente fechou parceria com o Governo do Estado para liberação de US$ 1 milhão para projetos de melhoria de estradas e aeroportos regionais. 

O secretário lembra que até meados do século XX, a Coreia do Sul era um país muito mais pobre que o Brasil e muitos países da África. Mas a trajetória coreana mudou radicalmente nos últimos 50 anos, a partir de grandes investimentos em educação, infraestrutura e inovação periódo que o país viveu um verdadeiro milagre econômico. Duarte retorna ao Brasil na próxima segunda-feira (03.07). 

Todimo e a exigência

Sexta, 23 de junho de 2017

Cliente que desejar entrar no site da Todimo (empresa de materiais de construção em Mato Grosso filial em Londrina - PR) é obrigado a fornecer o CEP (Código de Endereçamento Postal).

A medida pode ser válida para a empresa, mas para o cidadão (que questionou a obrigatoriedade) acaba tomando o tempo desnecessariamente.

E, compara: é quase como entrar em um órgão público e exigirem do cidadão o fornecimento de dados - como o CPF.
 

.

Expondo as vísceras

Sexta, 09 de junho de 2017

A delação de Silval Barbosa (PMDB) pode atingir de maneira letal o governo Blairo Maggi, do qual foi vice. Peemedebista quer revelar que a corrupção começou lá e virou organização criminosa com a manutenção dos secretários de Maggi no seu governo - alerta nota da coluna AParte, do jornal A Gazeta

Os deputados já esperam também por uma bomba contra eles. Silval vai expor as vísceras e a relação espúria da Assembleia com o Executivo.

Propinas e mensalinho pagos aos deputados. Silval esteve em todos os lados. Foi deputado, presidente da Assembleia e governador. Coisa feia vem por aí - conclui a coluna.

O ex-governador segue preso no Centro de Custódia de Cuiabá desde setembro de 2015. 

 

 

Qualidade no atendimento

Segunda, 05 de junho de 2017

Um cliente entra na drogaria anexa ao Supermercado Comper, na avenida Miguel Sutil, no bairro Consil, em Cuiabá, e se dirige ao balconista.

O rapaz olha para o cliente, o qual pede um medicamento.

O balconista vai até a prateleira, pega o medicamento, lança o produto no computador e conclui: pode pagar no caixa.

No caixa ele desabafa com a atendente: eu até precisa comprar mais coisas, mas me senti tão sem valor... 

Por se falar em qualidade no atendimento, situação nada diferente acontece com a loja do Ponto Frio, no Shopping Goiabeiras em Cuiabá.

O cliente olha vários itens enquanto os funcionários navegan na net; Mais ao fundo da longa encontra algo diferente em um balcão. Pergunta para uma funcionária, a qual repassa a pergunta para um rapaz bem afeiçoado no meio do salão - igualmente navegando na net. 

O rapaz responde que é um apoio para câmera. Assim, só isso. A funcionária complementa que 'deve estar com defeito'. 

Insistente o cliente quer saber quanto custa e o que é aquilo [que a essa altura ele já definia como um pau de selfie]. O terceiro funcionário envolvido na saga do cliente diz que "tá com defeito". E, ponto - encerra o 'diálogo'. 

Para a funcionária o cliente diz que é um tradicional 'pau de célfie' - mas que aparentemente mais sofisticado. 

Desolado, o cliente resolve ir embora com a esposa (que queria comprar um notebook), mas instiga em querer saber quem era o homem, ao centro da loja, tão compenetrado no celular. E ela responde: é o gerente!.

Tem dinheiro sim!

Terça, 30 de maio de 2017

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios de Mato Grosso, Neurilan Fraga repudiou a proposta do governador Pedro Taques que retira recursos do Fethab dos municípios.

O representante lembrou que "o cidadão bate à porta dos prefeitos para buscar ajuda e que o governo não convence com o discurso de que houve queda na arrecadação".

“Não houve queda significativa. Portanto, não justifica falar que não tem dinheiro para a saúde”, contestou.

1 - 2 - 3 - 4 - 5

Busca



Enquete

A retomada das obras do VLT pode ser:

Palanque político para 2018
Mais uma balela sem fim
Confio na solução do problema
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114