» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Sábado, 30 de março de 2019, 20h00

Vereador de VG denuncia irregularidade em obra, cobra transparência e ameaça com CPI


Espessura do asfalto em um dos bairros da cidade foi motivo de críticas por parte do vereador Cleyton


Por 12 votos favoráveis vereadores de Várzea Grande cobram do secretário de Obras, Luiz Celso Moraes de Oliveira, informações sobre os projetos, cronograma e custos de todas as obras de pavimentação asfáltica do município. O requerimento foi apresentado pelo presidente da Comissão de Obras, vereador Cleyton Nassarden Guerra – Sardinha (PTB).

Cleyton Nassarden

Conforme Sardinha, os vereadores e a Comissão de Obras irão fiscalizar todas as obras de infraestrutura executadas no município, antecipando-se em afirmar que “não estamos perseguindo ninguém e não estou aqui para fazer amizade, vim para cobrar e fiscalizar. Então, este requerimento é para saber como é o projeto e o custo. O objetivo é cumprimento do contrato firmado entre a empresa e a Prefeitura. Exemplo: se o asfalto é de cinco centímetros, que seja feito um asfalto de cinco centímetros”, destaca o parlamentar.

O vereador alerta que a secretaria de Obras ainda não respondeu a outros dois requerimentos apresentados. um pedindo de informações sobre as obras do bairro Mapim e outro sobre o critério de escolha dos fiscais de contratos e, caso continue omissa, Sardinha afirma que deverá instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

“Faz asfalto, vai dinheiro. Queremos simplesmente saber para onde está indo o dinheiro público. No bairro que a Comissão de Obras for fiscalizar, vamos convocar o vereador que fez a indicação. Fiquei pasmo ao ver o asfalto do bairro Mapim, o asfalto de 0,5 cm e a calçada de 7 cm, praticamente quem iria andar na calçada deveria ser os carros e, na rua, os pedestres”, ironiza. 

O superintente da Caixa, Moacyr do Espírito Santos (esq) e a prefeita Lucimar Campos.

 

A denúncia do vereador chega no momento em que a Caixa Econômica Federal assina com a prefeita Lucimar Sacre de Campos a liberação de empréstimo no valor de R$ 80 milhões, que irá permitir à licitação de obras de asfalto em todas as regiões da cidade. A contrapartida do município é de R$ 20 milhões de recursos próprios, totalizando R$ 100 milhões.

Conforme a prefeitura outros R$ 100 milhões em novos empréstimos e emendas parlamentares deverão elevar o total a ser aplicado até o final do próximo ano a R$ 200 milhões em obras de pavimentação asfáltica, drenagem, galerias de águas pluviais, meio fio e sarjetas. 

A solenidade de assinatura ocorreu na prefeitura municipal na segunda –feira (25), com as presença do superintendente da Caixa Econômica Federal, Moacyr do Espírito Santo, autoridades municipais, vereadores, líderes comunitários e secretários municipais.

O senador Jayme Campos (DEM/MT) disse que teve reunião com o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, João Carlos Silva, em Brasília quando articulou a liberação dos recursos de R$ 80 para Várzea Grande. Conforme Jayme os recursos são provenientes da linha de crédito Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento) do Governo Federal, com prazo de pagamento de 120 meses, ou seja, 10 anos. E complementou que busca novos empréstimos em outras instituições financeiras como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES e até mesmo ampliar os volumes já emprestados na própria Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114